Nesta terça-feira (7), a Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou que o telescópio espacial James Webb foi abastecido dentro da instalação de preparação de carga no espaçoporto europeu na Guiana Francesa, antes de seu lançamento a bordo do foguete Ariane 5, programado para o próximo dia 22.

Telescópio espacial James Webb na sala de abastecimento dentro da instalação de preparação de carga no espaçoporto europeu na Guiana Francesa. Crédito: ESA / CNES / Arianespace

Segundo a ESA, os propulsores do telescópio usarão esse combustível para fazer correções de curso críticas após a separação do Ariane 5, visando manter sua órbita prescrita a cerca de um milhão e meio de quilômetros da Terra, e para reposicionar o observatório e gerenciar seu impulso durante as operações.

publicidade

Ainda de acordo com a agência, os tanques de propelente de Webb foram preenchidos separadamente com 79,5 litros de oxidante tetróxido de dinitrogênio e 159 litros de hidrazina – o primeiro melhora a eficiência de queima do segundo.

Esses propelentes são extremamente tóxicos, então apenas alguns especialistas vestindo Conjunto de Proteção Atmosférica Autônomo, os chamados trajes de escape, puderam permanecer na sala dedicada ao abastecimento, que levou 10 dias e terminou na última sexta-feira (3).

Leia mais:

Próximas etapas incluem operações combinadas entre o telescópio espacial James Webb e o foguete Ariane 5

Em breve, terão início as próximas etapas de operações combinadas. “É quando os especialistas que trabalham separadamente para preparar o Webb e o Ariane 5 se unirão como uma equipe. Eles colocarão o Webb no topo do foguete e o encapsularão dentro da carenagem do Ariane 5”, revelou a agência em comunicado.

Então, o telescópio espacial, junto com seu veículo de lançamento, será transferido para o prédio da montagem final para os últimos preparativos antes do lançamento.

Webb será o maior e mais poderoso telescópio já lançado ao espaço. Como parte de um acordo de colaboração internacional, a ESA está fornecendo o serviço de lançamento do telescópio usando o veículo lançador Ariane 5. Trabalhando com parceiros, a ESA foi responsável pelo desenvolvimento e qualificação das adaptações do Ariane 5 para a missão Webb e pela aquisição do serviço de lançamento da Arianespace.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!