O CEO da empresa norte-americana Better.com, Vishal Garg, virou alvo de críticas na internet após demitir abruptamente mais de 900 funcionários através de uma reunião realizada por meio do aplicativo Zoom.

Na videoconferência de 3 minutos de duração, que ocorreu na última quarta-feira (1º), Gard declarou: “Se você está nessa reunião, é parte do grupo ‘azarado’ que está sendo demitido”. Entre os colaboradores dispensados estavam a sua equipe de recrutamento de diversidade, equidade e inclusão social.

publicidade

“Seu emprego está rescindido com efeito imediato”, acrescentou. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira (6) pelo portal CNN Business

CEO demite mais de 900 funcionários via Zoom e vira alvo de críticas
CEO demitiu mais de 900 funcionários por meio de uma reunião de 3 minutos via Zoom. Imagem: DANIEL CONSTANTE/Shutterstock

Se não bastasse a prática nada profissional, ele finalizou a chamada dizendo que os funcionários podem aguardar um “e-mail do setor de RH” com mais detalhes sobre benefícios e indenizações.

Dentre as razões por trás das demissões, o executivo citou baixo desempenho e produtividade. Posteriormente, chegou a alegar que os seus funcionários teriam “roubado colegas e clientes” e que trabalhavam “apenas duas horas por dia”.

“Esta é a segunda vez na minha carreira que faço isso. A última vez que fiz, chorei”, disse Garg no decorrer da chamada. 

Leia mais:

Questionado sobre a decisão da empresa, o CFO da empresa, Kevin Ryan, emitiu um curto comunicado à CNN: “Ter que realizar demissões é angustiante, especialmente nesta época do ano”.

Por fim, vale ressaltar que Garg já esteve envolvido em outras polêmicas antes, o que fica claro em outro e-mail que ele enviou à sua equipe, que foi posteriormente obtido pela Forbes. Na mensagem ele chama um funcionário de “lento” e “burro”.

Créditos da imagem principal: ymphotos/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!