O protótipo de um Audi A4 Avant redesenhado e, ao que tudo indica, pretendido para 2024 foi visto devidamente camuflado realizando testes iniciais. Flagrado com exaustão dupla, o modelo simboliza a despedida da montadora dos motores de combustão interna, já que a Audi anunciou que deixará de lançar novos modelos com esse tipo de motorização a partir de 2026.

Parte de trás do protótipo do Audi A4 Avant flagrado
Imagem:Reprodução/Motor Authority

A configuração de escape duplo sugere uma versão mais potente do A4 de teto longo. Acredita-se que a Audi oferecerá a próxima (e última) geração com unidades a gasolina e a diesel, que poderão ser eletrificadas.

publicidade

Um A4 com identidade mais esportiva

Nas imagens capturadas, podemos ver que o design do A4 Avant será semelhante ao do A3 mais recente, mas com mais algumas curvas introduzidas. Os faróis parecem um pouco mais finos, e entradas discretas na vertical aparecem através da camuflagem nas laterais do para-choque.

destaque da parte da frente do protótipo camuflado
Imagem: Reprodução/TracedNews

A linha do teto é mais curva do que no atual A4 Avant, resultando em um visual mais esportivo no geral. Luzes temporárias na parte traseira deste protótipo significam que precisaremos esperar por unidades de teste mais avançadas para termos uma noção melhor sobre essa área do veículo.

No interior, é provável que vejamos um só painel para funções de instrumentos e o sistema de infoentretenimento. Também é possível haver uma tela avançada com elementos de realidade aumentada (símbolos de navegação, por exemplo) – talvez como opcional.

Um veículo em transição

A plataforma do A4 Avant de 2024 deve ser uma versão atualizada da plataforma MLB Evo do Grupo Volkswagen, responsável pelo atual A4. Isso significa uma montagem longitudinal de motores e tração dianteira padrão. A promessa para o veículo é que seu motor seja um dos melhores que a marca já lançou.

Imagem da parte lateral do protótipo
Imagem:Reprodução/Motor Authority

Para uma característica híbrida, podemos esperar que todos os trens de força do veículo sejam eletrificados, seja com tecnologia moderada ou plug-in. Quanto à motorização a diesel, ela poderá estar em mercados onde o combustível ainda é popular.

A seguir os regulamentos de emissões mais rígidos na União Europeia, um derivado do e-tron totalmente elétrico não foi descartado. Uma possibilidade de uma versão do A4 totalmente elétrica teria que ser desenvolvida em outra plataforma, já que precisaria de espaço para as baterias.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.