O Governo Federal não acatou a solicitação da Anvisa para tornar obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19 para viajantes do exterior que chegarem ao Brasil. No entanto, passageiros não vacinados que desembarcarem nos aeroportos vão precisar passar por uma quarentena obrigatória a partir deste sábado (11).

Viajantes por terra precisam apresentar o comprovante de vacinação ou um teste de Covid-19 negativo para poderem entrar no país. A quarentena será aplicada apenas para quem chegar ao Brasil pelos aeroportos.

publicidade

Quarentena para não vacinados 

Por tanto, pelas novas regras, para entrar no Brasil por vias aéreas é preciso apresentar o comprovante de vacinação, um teste de Covid-19 feito até 72 horas antes do embarque, além da Declaração de Saúde do Viajante (DSV), que até então era a única exigência vigente para entrar no país.

Leia mais:

Pessoas não elegíveis para a vacinação não precisam apresentar o comprovante. Ou seja, menores de 12 anos de idade ou que não tenham se imunizado por motivos médicos não precisam de comprovante para entrarem no país. Lembrando que as vacinas válidas são todas aquelas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Caso o viajante não tenha o comprovante (ou tenha recebido a segunda dose em um intervalo menor de 14 dias) será preciso passar por uma quarentena de 5 dias. Ao final do prazo, um teste de Covid-19 deverá ser feito.

A quarentena para viajantes precisará ser feita na cidade destino final e no endereço cadastrado na  Declaração de Saúde do Viajante. Depois do período e do teste negativo, a pessoa estará liberada para circular no Brasil. Lembrando que isso só é necessário para quem não tomou a vacina contra Covid-19 por opção própria.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!