Como diz o ditado: “toda brincadeira tem um fundo de verdade”, e quando a brincadeira vem do Twitter de Elon Musk, é bem difícil não se lembrar da sabedoria popular. Desta vez, o bilionário disse que estaria pensando em abandonar o posto de CEO da Tesla e da SpaceX para se dedicar à vida de influenciador digital.

“Pensando em largar meus empregos e me tornar um influenciador em tempo integral [o que vocês acham?]”, escreveu Musk para sua legião de mais de 65 milhões de seguidores. São os cargos de CEO que mantêm Elon Musk no topo da lista da Forbes, logo, é fácil pensar que ele não largaria isso para ser um “blogueirinho”.

publicidade

Porém, ser executivo desse porte não deve ser algo muito saudável física e mentalmente. Por isso, algumas pessoas levaram a pensata do bilionário a sério, já que não é incomum que ele use seu Twitter como uma espécie de “balão de ensaio” para algumas ideias que acabam sendo levadas a sério posteriormente.

Querido diário, ops, Twitter…

Uma dessas ideias foi a de vender ações da Tesla para escapar de pagar uma quantia bilionária em impostos ao governo dos Estados Unidos. Além disso, e-mails vazados da SpaceX apontam que a empresa não vai muito bem das pernas e pode chegar à falência no médio ou longo prazo.

Leia mais:

Influenciador digital, Elon Musk já é. Ele tem mais seguidores em seu Twitter do que a Juliette tem no Instagram, por exemplo. Além disso, não foram poucas as vezes que o mercado financeiro e, principalmente, das criptomoedas, sofreu grandes variações após tuítes do bilionário.

Então, Elon Musk não é apenas um influenciador digital, é um influenciador real, já que seus tuítes mudam mercados inteiros. Porém, quando resolveu atacar de músico, o resultado não foi lá muito bom, portanto, podemos pensar que, com tempo para se dedicar a isso, Musk poderia se tornar melhor em seus hobbies.

Via: Futurism

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!