Internet e Redes Sociais

Da prisão, Ross Ulbricht, fundador de ‘mercado negro online’ vende NFT por mais de R$ 34 milhões

15/12/21 16h07

O bilionário Ross Ulbricht, fundador da plataforma online Silk Road, uma espécie de mercado ilegal na dark web onde os usuários podiam comprar produtos como drogas e armas usando criptomoedas, aumentou ainda mais sua fortuna. De dentro da prisão, ele conseguiu US$ 6 milhões em um NFT.

O valor, que na cotação atual corresponde a pouco mais de R$ 34 milhões, foi desembolsado por um grupo de mais de mil investidores, que são, digamos, fãs de Ross Ulbricht. Esses investidores fundaram uma DAO (sigla em inglês para organização autônoma descentralizada) que luta pela liberdade do bilionário.

Organização quer a liberdade de Ulbricht

A organização FreeRossDAO usou metade dos fundos que conseguiu arrecadar até o momento para comprar o NFT vendido por Ross Ulbricht. De acordo com eles, esse é apenas o começo de uma luta que só deve parar após a reversão das duas prisões perpétuas de Ulbricht.

“A compra deste NFT não libertou Ross. Ainda temos um longo caminho a percorrer para buscar justiça e retificar sua sentença desproporcional de prisão perpétua dupla como réu primário e não violento”, tuitou a organização após confirmar a compra do NFT.

Quem é o fundador da Silk Road

Ross Ulbricht está preso desde outubro de 2013. Crédito: Ross Ulbricht/Arquivo Pessoal

Ross Ulbricht foi uma das primeiras personalidades a ser alçada ao estrelato graças às criptomoedas, ao fundar o Silk Road, que chamou de um mercado realmente livre, onde tudo poderia ser comprado e vendido, sem rastreamento dos valores ofertados pelos produtos.

Porém, o Silk Road chamou atenção das autoridades e acabou sendo fechado em 2013, na ocasião, foram encontrados mais de 144 mil bitcoins na conta pessoal de Ulbricht e mais quase 30 mil bitcoins na conta da empresa. Ao todo, em números atuais, o valor corresponde a cerca de R$ 45 bilhões.

Leia mais:

Em novembro deste ano, Ross Ulbricht lançou uma coleção de NFTs, a qual deu o nome de “Coleção Genesis”. A lista conta com manuscritos de Ulbricht e obras de arte feitas a lápis durante a infância e adolescência dele. O FreeRossDAO foi formado na mesma época, para comprar alguns dos NFTs.

Via: Futurism

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags