Desde o começo da pandemia de Covid-19, muito se debate sobre como os animais de estimação são afetados pelo vírus causador da doença e principalmente: se os bichinhos são capazes de transmitir a doença para os seres humanos.  

Após diversos estudos, foi comprovado que os animais são afetados pelo SARS-CoV-2, mas não podem transmiti-lo para os seres humanos. Porém, os donos podem transmitir a doença para seus pets. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), pede que pessoas contaminadas se afastem de outros seres humanos e de animais de estimação.  

publicidade

Leia também!

Nem todos os animais infectados desenvolvem sintomas da doença e casos graves são ainda mais raros, mas de qualquer maneira, evitar o contato é a melhor opção. Alguns zoológicos de todo o mundo optaram por vacinar grandes felinos e primatas para evitar riscos de contágio entre os bichos.  

Até o momento, sabe-se que os visons são os únicos animais capazes de obter a Covid-19 e transmiti-la para os seres humanos, afirma o doutor Scott Weese, do Ontario Veterinary College.  

Tutor abraçando os seus pets
Seres humanos podem contaminar animais de estimação com Covid-19. Imagem: Chendongshan/Shutterstock

De acordo com Weese, três países no norte da Europa registraram casos de propagação do coronavírus de pessoas para os visons e, após a infecção entre os animais, o vírus voltou para os agricultores locais.  

Weese ressalta ainda que a infecção de animais pode causar novas e mais poderosas cepas do SARS-CoV-2 e a melhor maneira de evitar isso é controlando o vírus entre os humanos, o que pode ser feito com a vacinação e medidas de proteção. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!