Uma pesquisa realizada pela Universidade de Münster, na Alemanha, e publicada pela revista científica Science Advances, aponta que a Terra e Marte foram formados pelos mesmos elementos.  

O estudo coloca em xeque a teoria que aponta que os planetas Mercúrio, Vênus, Terra e Marte foram formados a partir do acumulo de seixos de poeira milimétricos do sistema solar.  

publicidade

Acreditava-se que estes planetas rochosos foram formados a partir da junção das partículas de poeiras do sistema solar interno, chegando até os tamanhos atuais. Enquanto a mais nova tese aponta que, na verdade, estes seixos de poeira vieram do sistema solar externo em direção ao sol.  

Leia também!

Ambas as teses foram baseadas em modelos teóricos e simulações de computador capazes de reconstruir as condições do início do sistema solar e da formação de seus planetas.  

“Queríamos descobrir se os blocos de construção da Terra e de Marte se originaram no sistema solar externo ou interno”, afirmou o pesquisador Christoph Burkhardt, primeiro autor do estudo.  

Burkhardt explica ainda que os isótopos dos metais raros titânio, zircônio e molibdênio encontrados em vestígios minúsculos das camadas externas ricas em silicato de ambos os planetas fornecem pistas cruciais para a conclusão da pesquisa. 

Pesquisa aponta que Terra e Marte foram formadas do mesmo material. Imagem: joshimerbin – shutterstock

Ao analisar rochas terrestres e marcianas, os pesquisadores apontam que as camadas rochosas externas da Terra e de Marte têm pouco em comum com os condritos carbonáceos do sistema solar externo. Eles representam apenas cerca de 4% dos blocos de construção originais de ambos os planetas.  

“Se a Terra primitiva e Marte tivessem principalmente grãos de poeira agregados do sistema solar externo, este valor deveria ser quase dez vezes maior. Portanto, não podemos confirmar essa teoria da formação dos planetas internos”, explica o professor da Thorsten Kleine da Universidade de Münster. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!