O cineasta Jean-Marc Vallée morreu no início da noite do último sábado (25), em sua cabana, perto da Cidade de Quebec, no Canadá. A causa do falecimento do diretor do filme ‘Clube de Compras Dallas’ e das séries ‘Big Little Lies’ e ‘Sharp Objects’ não foi divulgada.

A morte do cineasta foi confirmada por Nathan Ross, seu parceiro de produção por muitos anos. Ele emitiu um comunicado para o site norte-americano The Hollywood Reporter, destacando o trabalho de Jean-Marc Vallée.

publicidade

Leia mais:

“Jean-Marc representava criatividade, autenticidade e tentativas diferentes. Ele era um verdadeiro artista e um cara generoso e amoroso. Todos que trabalharam com ele não puderam deixar de ver o talento e a visão que ele possuía. Ele era um amigo, parceiro criativo e um irmão mais velho para mim. O maestro fará muita falta, mas é um conforto saber que seu belo estilo e trabalho impactante que ele compartilhou com o mundo vão viver”, disse Ross.

publicidade

O canal HBO, casa das séries ‘Big Little Lies’ e ‘Sharp Objects’, mais recentes trabalhos de Vallée, também se pronunciou após o falecimento do diretor, roteirista e produtor canadense. “Jean-Marc Vallée foi um cineasta brilhante e ferozmente dedicado, um talento verdadeiramente fenomenal que infundiu cada cena com uma verdade profundamente visceral e emocional”, disse a nota do canal.

“Ele também foi um homem extremamente atencioso, que investiu todo o seu ser ao lado de cada ator que dirigiu. Estamos chocados com a notícia de sua morte súbita e estendemos nossas sinceras condolências a seus filhos, Alex e Emile, sua família e seu parceiro de produção de longa data, Nathan Ross”, completa o comunicado da HBO.

publicidade
Jean-Marc Vallée
Jean-Marc Vallée tem, entre outros prêmios, um Emmy de melhor direção. Imagem: Kathy Hutchins/Shutterstock

Jean-Marc Vallée começou a carreira com curtas-metragens e estreou nos cinemas em 1995, com o filme ‘Liste noire’. O grande destaque, porém, só veio uma década depois. Em 2005, o filme ‘C.R.A.Z.Y. – Loucos de Amor’ se tornou um sucesso de bilheteria no Quebec, arrematando prêmios na região.

Com ‘A Jovem Rainha Vitória’, protagonizado por Emily Blunt, Vallée chegou ao Oscar em três categorias, com o filme levando uma estatueta. Foi em 2013 que o diretor chamou ainda mais atenção, com ‘Clube de Compras Dallas’, longa estrelado por Matthew McConaughey, Jennifer Garner e Jared Leto.

publicidade

Este foi indicado a seis categorias pela Academia, vencendo três, e duas no Globo de Ouro, arrematando os dois prêmios. ‘Livre’, de 2014, teve as indicações de Reese Witherspoon e Laura Dern ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, respectivamente. Nas séries, entre diversas indicações, Jean-Marc Vallé recebeu o Emmy de Melhor Diretor por ‘Big Little Lies’.

Via: Deadline / The Hollywood Reporter

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!