Existem, atualmente, exatamente 898 Pokémon listados. Achou pouco? Pois um cientista de dados forçou um robô a observar todos os monstrinhos colecionáveis e, em seguida, gerar mais deles. O resultado mostra uma série de bichinhos bem interessantes que todo fã de ‘Pokémon’ desejaria ter. E também vários muito estranhos, com membros em lugares inusitados.

“Eu forcei um robô a olhar todos os Pokémon e mandei que gerasse os próprios. Aqui estão os resultados. Isso não é uma piada, mas é realmente como fiz esses”, publicou Max Woolf, cientista de dados do BuzzFeed, em sua conta no Twitter. Primeiro, ele mostrou 96 novos bichos. A pedido do público, deixou mais 96, totalizando 192, personagens.

publicidade

Leia mais:

Mas, se você achou pouco, ele não parou por aí. Para quem é mais saudosista, da era dos 151 monstrinhos originais, o cientista de dados também tem novos Pokémon gerados inteligência artificial baseados nas artes de Ken Sugimori, da era de 1995.

“A pedido do público: aqui estão mais Pokémon gerados pela IA, mas dessa vez o modelo foi treinado apenas com Pokémon da primeira geração (os da era Sugimori de 1995, com a arte original dos 151). Aqueles que pensaram que a geração de Pokémon seria menos bizarra estavam muito enganados”, escreveu o cientista.

O que era uma brincadeira particular, se popularizou. Assim, Max Woolf abriu o código de pré-processamento de imagens que usou para criar os novos Pokémon. Ele também chegou a fazer o mesmo com personagens jogáveis de ‘Genshin Impact’.

E, se você quer conferir os monstrinhos de verdade, a Pokédex pode ser conferida aqui.

Via: IGN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!