O ano mal começou e a Apple já quebrou um recorde. Nesta segunda-feira (3), a empresa fundada por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne há 45 anos chegou ao valor de mercado de US$ 3 trilhões. A Maçã é a primeira companhia do mundo a chegar a essa marca de capitalização de mercado.

O alto valor foi atingido graças à confiança dos investidores da Apple. Eles acreditam que a fabricante do iPhone vai continuar lançando produtos mais vendidos, enquanto explora novos mercados. A empresa passa a entrar também no setor de carros automatizados e também no metaverso, por exemplo.

publicidade

Leia mais:

Os investidores apostam ainda que iPhones, MacBooks e serviços como Apple TV e Apple Music vão continuar atraindo consumidores, que seguirão gastando bastante dinheiro com eles. Analistas creem que a demanda pelos smartphones da empresa permaneça bem forte no novo ano, com a Maçã liderando o mercado da China, atraindo novos clientes.

iPhone
Os especialistas acreditam na alta demanda por iPhones seguindo em 2022. Imagem: shutterstock

Esta segunda marcou ainda o primeiro dia de negociações em 2022. A ações da Apple subiram para US$ 182,88 na metade do dia, um novo recorde. Se convertido para reais, com a cotação do dólar a R$ 5,66, a ação fica por R$ 1.035,81.

A Apple levou um ano e quatro meses para passar do valor de mercado de US$ 2 trilhões para os US$ 3 trilhões atuais. As ações disparavam, com a companhia de Cupertino, no estado norte-americano da Califórnia, liderando o grupo de mega empresas de tecnologia beneficiadas pela pandemia da Covid-19, que obrigou as pessoas a realizarem o distanciamento social e depender cada vez mais desses produtos.

Via: Reuters

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!