Veículos e Tecnologia

Chrysler, a marca americana da Stellantis, só venderá veículos elétricos até 2028

05/01/22 07h35

Nesta quarta-feira (5), a CES segue surpreendendo todo o mundo com as novidades mais esperadas pelo mercado. A ocasião é uma das maiores exposições de eletrônicos da indústria que atrai mais de 100 mil pessoas para Las Vegas, nos Estados Unidos, em janeiro todos os anos.

Como parte do evento, a Chrysler, a icônica marca norte-americana de propriedade da Stellantis, revelou seu mais novo conceito: o crossover SUV Airflow com um perfil semelhante ao Tesla Model Y e Ford Mustang Mach-E. O veículo apresentado passa a impressão de já estar até pronto para produção, que se iniciará em 2025.

Além disso, a empresa anunciou que possui planos de ficar totalmente elétrica até 2028. A marca de responsabilidade do conglomerado multinacional que se formou no ano passado quando a Fiat Chrysler se fundiu com o grupo francês PSA, quer que a Chrysler sirva de exemplo na estratégia de tornar tudo elétrico.

A empresa, que é a quarta maior montadora do mundo, já revelou um plano no ano passado para atualizar as linhas da maioria de suas marcas, incluindo versões EV do Dodge Ram 1500 e vários modelos de Jeep. Porém, será lançado o primeiro EV em 2025 antes de deixar de vez a combustão.

“O Chrysler Airflow Concept representa a direção futura da marca Chrysler, dando uma olhada no design dinâmico, tecnologias avançadas e conectividade contínua que caracterizarão o portfólio totalmente elétrico que nós planejam chegar até 2028”, explicou Chris Feuell, CEO da marca Chrysler, em um comunicado oficial.

Leia mais:

Foto: Chrysler

A Chrysler também garantiu que seus produtos serão construídos usando processos de manufatura limpos e materiais recicláveis ​​e renováveis. Por exemplo, o conceito Airflow é dotado de couro curtido vegetal e seus tapetes e carpetes são feitos de materiais reciclados.

Inclusive, o AirFlow é como se fosse uma placa de identificação que mostra bem o que está por vir. Apesar de sua marca voltada para o passado, o carro-conceito é uma indicação da “direção futura” para a empresa de carros de quase 100 anos, segundo Feuell.

Para muitas empresas concorrentes do mercado automobilístico, a conversão para uma linha totalmente elétrica em tão pouco tempo é praticamente impossível, mas segue sendo a meta para a Chrysler, mesmo que todas as marcas da Stellantis demoraram para abraçar a tecnologia EV em comparação aos demais do setor. A Dodge está planejando lançar um muscle car totalmente elétrico em 2024 e a Jeep diz que haverá versões elétricas do Wrangler, Cherokee e Wagoneer em 2025.

Chrysler só venderá veículos elétricos até 2028
Foto: Chrysler

Fonte: Cnet

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags