A variante Ômicron da Covid-19 é responsável pela maior onda de infecção já enfrentada até o momento. Nas últimas 24 horas o mundo registrou 2,59 milhões de casos, o maior número de infectados já relatado desde o começo da pandemia.  

Apesar do alto número de infecções, as mortes pela Covid-19 seguem em queda e a principal causa disso é a vacina contra a doença. O mundo registra uma média de mortes de 6 mil. O recorde de mortes foi em 20 de janeiro de 2021, quando mais de 18 mil mortes foram relatadas.  

publicidade

Leia também!

Os países que lideram as infecções por Covid-19 atualmente são Estados Unidos, França e Itália. Na terça-feira (4), os EUA registraram 869 mil novos casos, número abaixo dos 1,08 milhão de infectados da segunda-feira (3).  

Já a França atingiu mais de 271 mil novos casos, enquanto a Itália registra 170 mil infectados em um único dia. Em todos os países, a variante Ômicron já é considerada a cepa dominante da Covid-19 em circulação.  

Ômicron Japão
Covid-19: mundo bate recorde e atinge 2,59 milhões de casos em um dia. Imagem: Shutterstock

Confira os países com maiores números de infectados da terça-feira (4):  

  • Estados Unidos: 869 mil 
  • França: 271 mil 
  • Reino Unido: 221 mil 
  • Itália: 170 mil 
  • Espanha: 117 mil 
  • Canadá: 83 mil 
  • Argentina: 81 mil 
  • Austrália: 71 mil 
  • Alemanha: 61 mil 
  • Índia: 58 mil 

O Brasil teve 18.759 novos casos e 175 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com números atualizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (4). 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!