Um astronauta não identificado da Expedição 66, atualmente à bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), fez uma foto incrível da Lua crescente sobre um pôr do sol em nosso planeta. Segundo o Observatório Terrestre da Nasa, a foto foi feita enquanto a ISS estava sobre o Oceano Pacífico, a leste da Nova Zelândia.

A câmera usada foi uma Nikon D5, com uma distância focal de 200 mm. O gradiente de cores entre o laranja (próximo à superfície da Terra) e o azul escuro (na fronteira com o espaço) corresponde às diferentes camadas de nossa atmosfera.

publicidade
Lua crescente sobre um pôr do sol na Terra
Lua crescente sobre um pôr do sol na Terra. Imagem: Nasa Earth Observatory

Apesar de a Lua crescente estar bem iluminada, ao ver a imagem no tamanho original é possível observar algumas crateras e “mares” no terminador, a fronteira entre as áreas clara e escura. Também é possível observar nuvens nas camadas mais baixas da atmosfera, em laranja.

A astrofotografia feita por astronautas não se limita a imagens da Terra. Segundo a Nasa, os temas podem variar de cometas à superfície da Lua, como foi feito durante as missões do programa Apollo. A agência afirma que a tradição irá continuar quando o programa Artemis levar novamente humanos, incluido a primeira mulher e a primeira pessoa de cor, à superfície Lunar.

Leia mais:

Em outubro de 2020 o astronauta norte-americano Chris Cassidy publicou uma foto do litoral sul de São Paulo, incluindo a Ilha Bela, e mandou um “alô” para todos os seus amigos em São Paulo. Em abril de 2021 o perfil da Estaçao Espacial Internacional no Twitter divulgou quatro fotos da “superlua rosa” feitas por tripulantes da ISS. 

Já em novembro passado taikonautas da missão Shenzhou-12 a bordo da estação espacial chinesa Tiangong fizeram várias fotos noturnas da China e áreas circundantes, incluindo as cidades do nordeste de Shenyang e Changchun, o Mar de Bohai, Baía de Hangzhou e Taiwan. As belas imagens foram feitas, acreditem, com um smartphone comum, o Huawei P30, lançado em março de 2019.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!