Uma plataforma de streaming controlada pelo governo da China liberou uma série de TV sul-coreana em seu canal oficial, o que não acontecia há seis anos. A movimentação é vista por repórteres locais como um “marco simbólico” na direção de maior abertura de trocas culturais.

A plataforma em questão é a Mango TV, controlada pela empresa estatal Hunan Broadcasting System. Na última terça-feira, para a surpresa de muitos, a plataforma liberou a produção da SBS, “Saimdang: Bitui Ilgi”, drama sul-coreano. No Brasil, a série está disponível pela Netflix sob o nome de “Saimdang: Memoir of Colors”.

publicidade

“Saimdang” é um drama de fantasia, ambientado na Coreia durante a dinastia Joseon. A mídia local viu o lançamento como uma pequena vitória no caminho de reabrir o país para a cultura coreana, que foi removida nas TVs via satélite, plataformas de streaming oficiais e cinemas.

Nos cinemas, houve avanço em dezembro de 2021, quando o lançamento da comédia sul-coreana de 2020 “Oh! My Gran” foi autorizado, marcando a primeira vez que um filme do país chegou às telonas chinesas em seis anos. Mas o sucesso não veio, e o filme foi um fiasco nas bilheterias da China. Antes disso, o último filme da Coreia do Sul a chegar aos cinemas chineses foi “Assassinato”, filme de 2015 dirigido por Choi Dong-hoon.

Leia mais!

“Saimdang” foi lançada na Coreia em 2017, e a Mango TV tinha os direitos desde então, quando planejava um lançamento simultâneo entre China e Coreia do Sul. Mas os planos foram por água abaixo quando a China estabeleceu a pausa em produtos de entretenimento coreanos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!