O Motorola Razr 3 pode vir equipado com o que é esperado para um smartphone topo de linha, como o processador Snapdragon 8 Gen 1 e até mesmo suporte ao UWB para controlar dispositivos de casa inteligente. A informação, se confirmada, poderá significar competição de peso para o sucesso do Galaxy Z Flip 3 da Samsung.

O mercado de smartphones com tela dobrável ainda engatinha, com poucas marcas entregando seus aparelhos. Destaques ficam para o sucesso dos Galaxy Z Flip e Fold de terceira geração, junto de alguns nomes chineses como Huawei. A Motorola tentou surfar nessa onda ao reviver o celular Razr, mas o aparelho foi apenas um intermediário mais potente, caro e com as falhas de um dispositivo ainda em testes.

publicidade

Leia também

Motorola Razr 5G (Imagem: divulgaçãp/Motorola)
Motorola Razr 5G (Imagem: divulgaçãp/Motorola)

Este cenário deve mudar na próxima geração do Motorola Razr, que deve chegar neste ano com o que é esperado para um topo de linha, principalmente o chip forte da Qualcomm: o Snapdragon 8 Gen 1. Se confirmado, este rumor garante a presença de um processador high-end pela primeira vez nesta linha, que recebeu apenas variantes da série 700.

Motorola Razr 3 pode servir de chave para carro

Outra novidade ventilada pelo boato para o Motorola Razr 3 é a adição de UWB, tecnologia utilizada para vários propósitos, como com a Xiaomi controlando produtos de casa conectada, ou então transformando o smartphone em uma chave para o carro. O Pixel 6 é um dos smartphones compatíveis com ela, assim como os aparelhos mais recentes da Samsung e Apple.

Complementando a provável ficha técnica do Motorola Razr 3, a fonte responsável por este novo vazamento garantiu opções de 6, 8 ou 12 GB para RAM, além de 128, 256 ou 512 GB de memória interna, tela secundária (como nas gerações passadas), NFC e display interno AMOLED com resolução Full HD, além de taxa de atualização em 120Hz.

Um detalhe não foi revelado e ele já era um problema nos dois primeiros Razr, além de ser o mesmo dilema nos Galaxy Z Flip: autonomia. Este tipo de aparelho entrega pouquíssima autonomia, em alguns casos impedindo até mesmo o uso durante um dia inteiro.

Via: XDA-Developers.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!