Um investidor norte-americano está processando a socialite Kim Kardashian, o boxeador Floyd Mayweather e o ex-jogador da NBA, Paul Pierce por suposta promoção do Ethereum Max. Segundo a denúncia, os três conspiraram com os cofundadores da EMAX, Steve Gentile e Giovanni Perone, com o objetivo de aumentar o preço do token e depois descartá-lo, deixando os investidores com consideráveis perdas financeiras. 

Queda brusca 

Em sua queixa apresentada no Tribunal Distrital dos Estados Unidos, o investidor Huegerich disse que as três personalidades influenciaram por meio de postagens para que o valor do Ethereum Max caísse para US$ 0,000000597636 no dia 31 de maio de 2021, chegando a ter uma queda de mais de 80% em 11 dias. 

publicidade

Logo depois dessa queda acentuada da criptomoeda, houve mais perdas, atingindo 97% do seu preço. Agora, é vendido por US$ 0,000000017659. 

Huegerich comprou tokens EMAX entre os dias 14 de maio e 17 de junho e se sentiu lesado em razão de influências das personalidades nos valores. 

Leia mais:

Como as celebridades agiram  

Entre as ações das celebridades que estão sendo processadas pelo investidor, podemos citar a atitude de Mayweather de ir com uma camiseta cravada Ethereum Max na conferência Bitcoin 2021, mesmo com o alerta dos organizadores para que não fosse falado sobre ativos não BTC na porta do evento. 

Frequentemente, celebridades influenciam nos valores das criptomoedas, podendo ajudar na valorização ou queda; dessa vez um investidor que se sentiu lesado entrou com um processo judicial Imagem: Shutterstock

Naquele mês, a EMAX estava patrocinando uma luta de boxe entre Mayweather e Logan Paul. Inclusive, em 2018, Mayweather chegou a ser multado pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA pelo fato de promover ofertas iniciais de moedas sem revelar que havia sido pago para isso. 

E a socialite Kim Kardashian chegou a vincular um anúncio de um evento patrocinado pela EMAX em seu Instagram, com mais de 200 milhões de seguidores. Em um post, ela chegou a elogiar o Ethereum Max     

Via: Decrypt

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!