Ciência e Espaço

Dubai exibe diamante negro de mais de 555 quilates que pode ter vindo do espaço

17/01/22 18h38, atualizada em 10/02/22 10h59

Funcionária da Sotheby's Dubai apresenta um Diamante Negro de 555,55 Quilates "O Enigma" a ser leiloado na galeria Sotheby's em Dubai. Imagem: AP Photo/Kamran Jebreili

Se diamantes são pedras extremamente valiosas, imagine um diamante negro de mais de 555 quilates. Para tornar o objeto ainda mais raro, pense que ele pode ter vindo diretamente do espaço. É isso o que a casa de leilões Sotheby’s, de Dubai, nos Emirados Árabes, afirma sobre um de seus cristais.

Diamante negro que será leiloado em Londres pode ter vindo do espaço. Imagem: AP Photo/Kamran Jebreili

Com exatos 555,55 quilates, o diamante negro ganhou o nome de “O Enigma” pela Sotheby’s, que exibiu a joia rara nesta segunda-feira (17) à imprensa como parte da apresentação de uma exposição em Dubai e em Los Angeles, antes de ser leiloada em fevereiro, em Londres.

Segundo a Associated Press, a Sotheby’s espera que o diamante seja vendido por pelo menos 5 milhões de libras britânicas (o equivalente, hoje, a quase R$37 milhões). A casa de leilões planeja aceitar criptomoedas como forma de pagamento também.

Leia mais:

Diamante negro de Dubai pode ser resultado de colisões de meteoritos com a Terra

Sophie Stevens, especialista em joias da Sotheby’s, revelou que o número cinco tem um significado importante para o diamante, que também tem 55 facetas. “A forma do diamante é baseada no símbolo de palma do Oriente Médio do Khamsa, que significa força e significa proteção”, disse ela. Khamsa em árabe significa cinco.

“Portanto, há uma boa energia do número cinco correndo por todo o diamante”, acrescentou Stevens, que afirmou que o diamante preto é provavelmente do espaço sideral. “Com os diamantes carbonados, acreditamos que eles foram formados através de origens extraterrestres, com meteoritos colidindo com a Terra e formando disposição de vapor químico ou mesmo vindo dos próprios meteoritos”, disse ela.

Os diamantes pretos, também conhecidos como carbonados, são extremamente raros, e são encontrados naturalmente apenas no Brasil e na África Central. A teoria da origem cósmica é baseada em seus isótopos de carbono e alto teor de hidrogênio.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags