Em uma nova série de testes, a SpaceX colocou o “Mechazilla” para se mexer contra grandes lastros — imensos balões cheios de água —, a fim de avaliar o grau de estresse que seus braços mecânicos semi autônomos conseguem suportar.

O teste foi realizado no último dia 11 — o terceiro feito pela companhia fundada e liderada por Elon Musk desde que o ano de 2022 começou. Basicamente, a ordem do dia foi a mesma das ocasiões anteriores: fazer os braços do Mechazilla se levantarem e se moverem em várias direções, com os contrapesos — os balões de água (vazios) — tentando pará-los.

publicidade

Leia também

Nós já falamos sobre a plataforma aqui, mas vale reiterar: o Mechazilla é uma torre com três braços cuja função primária será a de “agarrar”, no ar, a nave orbital Starship e o foguete de propulsão Super Heavy, quando estes retornarem à Terra após seus respectivos lançamentos.

Além disso, os braços — que são semi autônomos, ou seja, dependem de constante observação humana, mas podem desempenhar suas funções sozinhos — também podem servir como guindaste na hora de empilhar a nave orbital no topo do foguete. Juntos, Starship e Super Heavy constituem a mais alta plataforma de lançamento espacial do mundo.

A ideia dos lastros gigantescos é a de simular o peso de uma nave Starship ou de um foguete Super Heavy. O objetivo é calibrar a precisão dos movimentos dos braços mesmo diante do estresse de carregar muito peso. Nesta ocasião, especificamente, o Mechazilla desempenhou seu papel em eficiência recorde: a SpaceX moveu os braços para cima e para baixo por toda a altura da torre principal a uma velocidade média de um quilômetro por hora (1 km/h). Ao todo, a subida levou aproximadamente sete minutos.

No dia seguinte (12), o Mechazilla passou pelo mesmo teste – mas desta vez, com os balões de água bem cheios. Foram três balões em cada braço. Não é possível dizer se a SpaceX encheu os lastros a toda a capacidade, e considerando que há variantes deles com suporte para 20, 35 e 50 toneladas, cada braço poderia estar carregando algo entre 60 e 150 toneladas. A Starship, sozinha, pesa cerca de 80 toneladas, enquanto o Super Heavy fica entre 160 e 200 toneladas (sem o combustível).

Assim como nos testes anteriores, o Mechazilla teve um ótimo desempenho nesta avaliação.

A SpaceX deve promover novos testes do Mechazilla nos próximos dias ou semanas, enquanto espera as autoridades de controle aeroespacial dos Estados Unidos (FAA) conduzirem as devidas inspeções e assegurarem a licença que permitirá à empresa, oficialmente, lançar a Starship e contar com o Mechazilla – algo que eles já estão bem atrasados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!