A MIUI 13 já foi anunciada oficialmente pela Xiaomi no final do ano passado, mas agora a empresa liberou uma nova versão de testes para a customização utilizada em seus aparelhos. A maior novidade fica na adoção do Material You, presente no Android 12 e que permite alterar diversas partes da interface, de acordo com o papel de parede escolhido pelo usuário.

O Android 12 não reinventa a roda nos aparelhos onde chega, mas ele foi lançado com um recurso chamado de Material You. A ideia é alterar diversas partes do sistema operacional, como ícones e até mesmo botões dentro de apps, com base nas cores predominantes do papel de parede escolhido pelo usuário.

publicidade

Leia também

MIUI 13 com temas dinâmicos do Android 12 (Imagem: divulgação/MIUI Beta Info)
MIUI 13 com temas dinâmicos do Android 12 (Imagem: divulgação/MIUI Beta Info)

De forma resumida: se o plano de fundo utilizado em um momento tem rosa como cor principal, ícones do sistema e outras partes da interface ganham esta cor de forma automática.

MIUI 13 agora tem Android 12 mais completo

A função do Material You é meramente estética, mas ela não foi enviada para a MIUI 13 lançada na China e que tem justamente o Android 12 como base. Isso muda com a versão de testes mais recente da interface da Xiaomi, liberada nesta semana com novos recursos e um deles é exatamente esse.

MIUI 13 com temas dinâmicos do Android 12 (Imagem: divulgação/MIUI Beta Info)
MIUI 13 com temas dinâmicos do Android 12 (Imagem: divulgação/MIUI Beta Info)

O exemplo oferecido pela Xiaomi durante a divulgação desta build de testes da MIUI 13 mostra até mesmo os ícones dentro do app de calculadora, com a cor de algumas teclas seguindo o padrão predominante para o papel de parede. Em uma animação, o botão para compor uma nova publicação em uma rede social também tem sua tonalidade alterada, sempre de forma dinâmica.

Além do Material You, outras novidades presentes na MIUI 13 incluem ajustes finos para elevar o desempenho geral das animações para o sistema, interface melhorada para o uso em telas grandes dos tablets, nova fonte e até mesmo o Mi Smart Hub que é responsável por unir diversos produtos da empresa em uma “central de controle”.

Via: Gizmochina.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!