O MediaTek Dimensity 9000 passou por um teste de desempenho, onde conseguiu resultados superiores aos obtidos pelo concorrente da Qualcomm: o Snapdragon 8 Gen 1. Além de oferecer mais força, o consumo energético marcado pelo chip da empresa taiwanesa foi inferior ao seu rival enquanto ambos rodavam o mesmo benchmark.

Antes de discorrer sobre este teste, é importante ter em mente um detalhe importantíssimo: o Dimensity 9000 ainda não está em nenhum celular disponível e o benchmark foi executado em um modelo de engenharia, fornecido pela própria MediaTek. Este tipo de aparelho é focado justamente em entregar o máximo de desempenho e também todos os recursos esperados para o SoC, podendo ser muito mais forte que o mesmo processador quando ele estiver em um smartphone de verdade.

publicidade

Leia também

MediaTek Dimensity 9000 em teste do Geekbench 5 (Imagem: reprodução/Geekerwan)
MediaTek Dimensity 9000 em teste do Geekbench 5 (Imagem: reprodução/Geekerwan)

Para você ter uma ideia sobre o nível de “celular de engenharia”, o aparelho é basicamente uma placa conectada em uma tela com bordas bem generosas. Ele não tem câmera e nenhum sensor extra, deixando até mesmo conectores expostos para testes feitos pela própria MediaTek. É o tipo de aparelho que até mesmo a Qualcomm utiliza quando quer mostrar seu chip, sem envolver alguma fabricante no meio – como a Samsung, Motorola ou Xiaomi.

MediaTek Dimensity 9000 não venceu o Apple A15 BIonic

Começando pelos testes, o youtuber responsável pelos dados conseguiu marcar 1.287 pontos para o Geekbench 5 em um núcleo, junto de 4.474 para a parte multi-core. Este número é maior que os 1.200 e 3.810 pontos do Snapdragon 8 Gen 1, respectivamente. Se por um lado o Dimensity 9000 da MediaTek ultrapassa o concorrente da Qualcomm, ele ainda perde para o Apple A15 Bionic do iPhone 13 lançado no ano passado – que registrou 1.741 e 4.908 pontos, respectivamente.

O consumo de energia também foi levantado durante os testes do Geekbench 5, fazendo o MediaTek Dimensity 9000 gastar menos watts que o Snapdragon 8 Gen 1, mas por aqui o resultado do Apple A15 Bionic também foi superior aos dois chips, perdendo apenas no gasto energético para a parte multi-core.

MediaTek Dimensity 9000 em teste do Geekbench 5 (Imagem: reprodução/Geekerwan)
MediaTek Dimensity 9000 em teste do Geekbench 5 (Imagem: reprodução/Geekerwan)

O MediaTek Dimensity 9000 realmente parece promissor, mas é importante levar em conta apenas os testes que serão feitos em aparelhos vendidos para o consumidor final. Eles podem refletir melhor o desempenho encontrado no cotidiano, longe de um cenário controlado deste celular ainda como um protótipo.

Via: NotebookCheck.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!