A vacina CoronaVac foi aprovada para ser utilizada em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Atualmente o imunizante da Pfizer é o único liberado para a faixa etária no Brasil.

A liberação possui algumas regras. A vacina não pode ser usada em pacientes imunossuprimidos. Ou seja, que possuem imunidade baixa. No entanto, está liberada para outras comorbidades da Covid-19. O intervalo entre as duas doses é de 28 dias.

publicidade

CoronaVac em crianças

Não há mudança na dosagem ou qualquer tipo de adaptação: é a mesma vacina utilizada nos adultos. Isso difere por exemplo da vacina da Pfizer, que possui uma dosagem específica para o público infantil e que por tanto necessita de uma nova compra de lotes do imunizante para vacinar esse público.

Leia também!  

O Instituto Butantan solicitou a autorização para a aplicação da Coronavac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos em dezembro de 2021, no entanto, na ocasião o órgão regulamentador brasileiro afirmou que os dados fornecidos ainda eram insuficientes para realização da análise e possível autorização. Apenas após o complemento das informações é que o pedido foi votado.

Apesar da aprovação da Anvisa, ainda não há prazo para que comece a aplicação da vacina CoronaVac em crianças. O cronograma depende da entrega das doses pelo Ministério da Saúde e da distribuição de cada estado.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!