Veículos e Tecnologia

Corrida de mochilas a jato: competição pode acontecer este ano

Por Ronnie Mancuzo, editado por Acsa Gomes
01/02/22 15h51, atualizada em 03/02/22 19h06
O vídeo está sendo carregado - aguarde...

A startup JetPack Aviation está em negociações para criar uma categoria de corridas aéreas especificamente para mochilas a jato. Junto à equipe do Air Race World Championship, o CEO David Mayman tem trabalhado sobre o início da competição para o mês de setembro de 2022, que veria pilotos de jetpack competindo em pistas paralelas de obstáculos aéreos.

Dentre os competidores, estariam jovens pilotos, pessoas experientes em motocicletas, com experiência em provas de rali (como o Rali Dakar), “esse tipo de coisa”, disse Mayman em entrevista ao site New Atlas. Ao que tudo indica, a JetPack Aviation estaria responsável pela seleção dos corredores (ou voadores).

Leia também:

Corrida de obstáculos

Imagem: Divulgação/JetPack Aviation

Caso ocorra realmente a corrida de mochilas a jato, ela deverá apresentar uma série de obstáculos, como travas, anéis e aros, para serem superados pelos competidores. Tanto na vertical, como na horizontal, as barreiras deverão ser ajustadas para que os pilotos passem por baixo, entre os anéis, pelo lado de um pilar e assim por diante.

Os trajetos seriam configurados sobre a água, com os pilotos não devendo compartilhar o mesmo percurso, devido a questões de segurança. Os adversários estarão competindo entre si enquanto completam percursos paralelos.

A JetPack Aviation já permite que “participantes selecionados” testem seus jetpacks após apenas dois dias de treinamento – desde que possam gastar cerca de US$ 5 mil pela diversão (cerca de R$ 26 mil hoje). Em sua entrevista ao New Atlas, Mayman admitiu que, se o acordo da Air Race for aprovado, a startup terá muitos jetpacks para fazer e pilotos para treinar.

Imagem: Divulgação/JetPack Aviation

“No momento, estamos falando sobre o lançamento por volta de setembro. Então, precisamos construir outras seis máquinas e treinar cerca de trinta novos pilotos, que reduziremos para dez”, disse o CEO. Inicialmente o jetpack JB-10 e, eventualmente, o JB-14 deverão ser usados para essas corridas.

Embora a empresa diga que o JB-10 de motor duplo é capaz de atingir mais de 200 km/h, é improvável que vejamos pilotos atingindo essas velocidades; será muito mais sobre agilidade e controle. Um outro modelo, chamado Speeder Air Utility Vehicle, também poderá ser usado nas competições quando estiver pronto.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Tags