Segundo um levantamento feito pela Associação Brasileira de Startups, o Brasil fechou o ano de 2021 com 13,7 mil startups ativas. Com a maioria delas concentrada nas regiões Sul e Sudeste, observa-se uma tendência de mercado, especialmente em um momento tão desafiador para a economia mundial

Atento a esse cenário, o Banrisul publicou o edital de seu segundo ciclo de aceleração nacional para empresas emergentes. Chamado BanriTech, o programa, que conta com assessoria técnica do Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), é voltado especialmente a startups com faturamento anual de até R$4,8 milhões.

publicidade

Para conferir o edital e o regulamento, os interessados devem acessar o site do programa, uma iniciativa destinada a startups com produtos e serviços que atendam aos seguintes nichos: serviços financeiros, agronegócio, relacionamento com clientes e empresas, eficiência operacional, segurança da informação e governos. As inscrições vão até o dia 13 do próximo mês.

“Em 2022, queremos valorizar soluções que também contemplem as mudanças que estão ocorrendo no mercado financeiro, como o Open Banking, e as questões climáticas, pois acreditamos que a sustentabilidade é um pilar forte da economia”, declarou o presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho.

Leia mais:

Startups devem apresentar propostas inovadoras

Segundo o regulamento, serão selecionadas até 30 startups. “O Banrisul está inserido em um hub de inovação, e a primeira edição do BanriTech, em 2021, resultou em uma grande integração”, disse o diretor de crédito do banco, Osvaldo Lobo Pires.

“Hoje, por exemplo, temos empresas que participaram do ciclo captando investimentos por meio de linhas de crédito do Inovacred e da Finep. A evolução que esse ciclo proporciona ajuda a instituição a aprimorar-se e repercute em mais oportunidades para essas jovens empresas”.

O resultado das empresas selecionadas sairá no dia 4 de abril; as três vencedoras serão conhecidas em um Pitch Day, marcado para o dia 28 de setembro. Imagem: DisobeyArt – Shutterstock

Processo de seleção

As empresas selecionadas serão confirmadas no dia 4 de abril, após o processo de avaliação, prazo para recursos e onboarding (mecanismo pelo qual novos funcionários adquirem o conhecimento, desenvolvem as habilidades e compreendem os comportamentos necessários para se tornarem membros e insiders eficazes da organização). 

No dia seguinte, será lançado o 2º ciclo, e a aceleração ocorre dentro de cinco meses, com a divulgação das três grandes vencedoras em um Pitch Day, que acontece no dia 28 de setembro. 

Podem se inscrever empresas estabelecidas com registro CNPJ de diferentes localidades  nacionais, que apresentem propostas inovadoras em produtos ou serviços e com potencial de escala. 

As startups selecionadas terão acesso à rede de executivos do Banrisul e da Tecnopuc, com mentorias exclusivas feitas por tomadores de decisão e especialistas do mercado. Cada startup deve nomear ao menos um membro de sua equipe que tenha disponibilidade para participar dos encontros, mentorias, consultorias e reuniões propostas pelo programa de aceleração.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!