Bárbara Heck foi a terceira eliminada do BBB 22 com 86,02% dos votos. A disputa pela preferência do público foi com a modelo Natália Deodato, enfrentando seu terceiro paredão em quatro semanas, e o ator Arthur Aguiar.

De acordo com a TV Globo, Natália ficou em segundo na votação, com 9,03%. Arthur, por sua vez, recebeu apenas 4,95% dos 105.723.079 votos.

publicidade

Quem saiu do BBB 22?

Bárbara saiu do BBB 22 após receber apenas um voto da casa em quatro semanas. Ela foi para o paredão após ser puxada por Arthur Aguiar, indicação da líder Jade Picon.

A sister foi a terceira eliminada do programa. No primeiro paredão, Luciano foi o escolhido pelo público para sair. No segundo, foi a vez de Rodrigo deixar a casa mais vigiada do Brasil. A terceira eliminada foi a cantora Naiara Azevedo. Vale lembrar que a atriz e cantora Maria foi desclassificada do jogo por uma agressão à Natália.

Veja também

O programa

Lembrando que o Big Brother Brasil conta com os grupos Camarote e Pipoca. Ou seja, o programa tem, entre seus participantes, uma mistura de famosos com anônimos. Tanto nomes conhecidos do público por serem artistas ou influenciadores digitais estão confinados na casa do BBB 22, quanto pessoas desconhecidas em busca da fama a partir da participação no programa.

Se o formato é o mesmo, o apresentador não é. Essa é mais uma mudança do BBB 22 que esse ano não chega com apenas novos participantes, mas também um novo apresentador. Diferentemente das últimas edições, que ficaram sob o comando de Tiago Leifert, o BBB 22 tem como apresentador Tadeu Schmidt, que até meados de 2021 era o responsável pela apresentação do Fantástico e é ele quem agora vai conduzir o programa, inclusive indicando o eliminado após você votar.

Entenda como é o contrato dos participantes do BBB 22

A Globo estabelece que, para alguém participar de algum dos seus reality shows (BBB ou No Limite, por exemplo), é preciso fechar um contrato que garante um vínculo empregatício nos mesmos moldes do que acontece com outros artistas da emissora.

No caso dos participantes do BBB 22, a Globo fecha um contrato de seis meses com todos os confinados. Ao fim desse período, ele pode ser renovado ou revogado.

O salário é simbólico: um salário mínimo por mês, mais extras pela permanência no programa, além do acúmulo de prêmios em provas do reality show. Os participantes são livres para fechar contratos de patrocínio independentes, ou seja, podem vender publis para redes sociais e faturar mais em cima disso. Eles ainda contam com alguns benefícios oferecidos pela Globo, como plano de saúde, por exemplo.

A Globo aproveitou bastante o sucesso da edição passada, tendo inclusive produzido documentários como ‘A Vida Depois do Tombo’, sobre a participação de Karol Conká no reality show. Será que o mesmo pode ocorrer na edição 22?

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!