Pro

Uber Eats confirma data em que serviço de delivery será desativado no Brasil

Por Gabriel Sérvio, editado por Acsa Gomes
07/03/22 15h14, atualizada em 07/03/22 22h43
O vídeo está sendo carregado - aguarde...

A Uber confirmou que o aplicativo de delivery Uber Eats vai parar de realizar entregas de restaurantes já a partir desta terça-feira (8). Entretanto, vale ressaltar que o serviço continuará funcionando normalmente para entregas de pacotes e itens de supermercado, duas frentes em que a plataforma também atua.

“A partir de agora, a empresa vai trabalhar em duas frentes: com a Cornershop by Uber*, para serviços de intermediação de entrega de compras de supermercados, atacadistas e lojas especializadas; e de entrega de pacotes pelo Uber Flash”, diz o comunicado da empresa.

*Em junho do ano passado, a Uber confirmou a adquisição de 47% da startup chilena Cornershop por mais de US$ 1,4 bilhão justamente para integrar pedidos de supermercado ao Uber Eats. Os outros 53% de participação foram adquiridos em 2019.

Uber Eats vai deixar de fazer entregas de restaurantes no Brasil. Imagem: Julio Ricco/Shutterstock

Vale lembrar que o anúncio oficial do fim da função entrega para restaurantes, que continua disponível até às 23h59 desta segunda-feira (7), foi anunciado em janeiro deste ano por meio de um comunicado enviado aos usuários da plataforma.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), segundo o G1, recebeu a notícia com apreensão, já que o fim das operações do serviço certamente responderá por uma perda de concorrência no setor de delivery — nicho dominado pelo iFood, com uma fatia de mais de 70% de participação no Brasil.

Leia mais:

Planos da Uber

Outra estratégia da Uber é expandir o serviço corporativo Uber Direct no país, que oferece entregas no mesmo dia aos clientes, além de focar os seus esforços no aplicativo de mobilidade urbana, o carro-chefe da companhia em receita

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags