Veículos e Tecnologia

Até 2030, Porsche planeja que 80% de seus carros sejam elétricos

18/03/22 10h33
Porsches Taycan em fila

Imagem: Nerijus Janus/Shutterstock

Em um evento, a Porsche anunciou os seus resultados financeiros e planos para continuar relevante no mercado automobilístico. Depois de lançar o Taycan e ver o forte interesse do público pelo veículo elétrico, a empresa estabeleceu uma meta de que “50% de suas vendas sejam elétricas em 2025”, especificando que incluirá carros elétricos e híbridos.

Além de que, pensando nos desdobramentos climáticos, a Porsche também disse que planeja que 80% de suas vendas sejam “totalmente elétricas” até 2030, com um plano adicional de ser neutro em carbono ao mesmo tempo.

Do total, a marca alemã entregou pouco mais de 300 mil veículos globalmente no ano passado, sendo que a maior parte foi o modelo totalmente elétrico, que vendeu mais do que o Porsche 911. A empresa teve um salto de vendas de 4,4 bilhões de euros (cerca de US$ 4,8 bilhões ou R$ 24 bilhões pela conversão atual) e foi pelo terceiro ano consecutivo que a linha Taycan da Porsche vendeu mais do que o modelo icônico, com 41.296 unidades do carro elétrico, enquanto o carro-chefe conseguiu 38.464 unidades. 

“Nosso resultado comercial positivo é baseado em decisões corajosas, inovadoras e voltadas para o futuro. Nossa indústria está passando pelo que é provavelmente a maior transformação de sua história”, contou Oliver Blume, presidente do conselho executivo da Porsche AG.

Leia também:

A iniciativa será liderada por uma nova versão do motor central 718, que será lançado “exclusivamente em uma forma totalmente elétrica” em 2025, projetado para apoiar de forma sustentável os ganhos por meio de novas inovações e modelos de negócios. “Graças aos nossos funcionários altamente motivados, nosso programa de rentabilidade foi um sucesso total. A Porsche aumentou ainda mais sua eficiência e reduziu o ponto de equilíbrio. Isso nos dá margem para investir na viabilidade futura de nossa empresa, apesar da tensão, estamos a impulsionar com determinação os investimentos em eletrificação, digitalização e sustentabilidade”, explicou Lutz Meschke, Vice-Presidente do Conselho Executivo e Membro do Conselho Executivo de Finanças e TI.

Além disso, a Porsche anunciou que investirá em “estações de carregamento premium” e “sua própria infraestrutura de carregamento”. Com isso, a empresa tem experiência nesta área, depois de lançar uma estação de carregamento de alto perfil em Leipzig, na Alemanha, e estão investindo fortemente em tecnologia de baterias com sua nova divisão Cellforce e em infraestrutura de carregamento por meio de parceiros e rede própria.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags