Enganou-se quem pensou que a Meta ficaria restrita ao Facebook, Instagram e WhatsApp. Recentemente, a empresa de Mark Zuckerberg apresentou oito pedidos de marca para o logotipo em outros propósitos digitais, como criptomoedas, carteiras digitais e exchanges. Dos oitos, seis estão ligados com moedas digitais e blockchain, ou seja, logo mais a Meta incluirá NFTs no Instagram, um dos aplicativos mais populares, com amplo acesso do público jovem.

Paralelamente, a Meta também fechou uma parceria com a empresa VNTANA, o que facilitará a conversão de conteúdos de publicidade em arquivos tridimensionais (3D), inclusive a notícia já vem sendo comentada no Twitter por especialistas em tecnologia.

publicidade
Reprodução Twitter

Design geométrico 

Os registros foram solicitados ao Departamento de Patente e Marca Registrada dos Estados Unidos e nas aplicações do logotipo é descrito um design geométrico, com dois círculos, o que faz referência à Meta como o pontapé inicial de entrada no metaverso. 

“Esses pedidos refletem a estratégia da companhia em sua entrada no metaverso. Claramente, Meta tem planos significativos para a economia virtual que irá conduzir”, disse Mike Kondoudis, advogado de marcas registradas.

publicidade

Muitas marcas já seguiram o mesmo caminho nos últimos meses, certamente com o objetivo de evitarem possíveis processos judiciais. 

Metaverso
Registro da marca Meta para produtos no universo das criptomoedas, NFTs e metaverso é um indicativo dos futuros produtos que serão lançados brevemente pela empresa de Mark Zuckerberg. Imagem: LookerStudio/Shutterstock

Afinal, as aplicações para marcas registradas em meios tradicionais que cobrem bens físicos não são convertidas para o mundo digital.

publicidade

Leia mais:

Meta se fortalece no mundo cripto

Muito além do metaverso, a Meta está de olho no mundo cripto e vê nos tokens não fungíveis uma grande oportunidade de novos faturamentos.  

publicidade

Na conferência SXSW, Zuckerberg disse que os NFTs chegarão ao Instagram nos próximos meses, ou seja, é uma decisão irreversível. 

“Não estou pronto para anunciar exatamente como isso será hoje. Mas, nos próximos meses, esperamos ter a capacidade de trazer alguns de seus NFTs, e com o passar do tempo poder emitir novos produtos dentro desse ambiente”, disse Mark na conferência. 

Via: Decrypt 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!