O Mazda CX-50 é o novo SUV 2023 da marca japonesa construído em uma plataforma mais nova (compartilhada com o CX-30 e o mais recente Mazda3). Um pouco ao estilo do CX-5, o crossover pode acompanhar o sucesso de seu irmão, que é o modelo mais vendido da empresa.

Em dimensões, o CX-50 tem um corpo mais longo, mais baixo e mais largo que o CX-5, em uma proximidade com o Subaru Outback. Temos então uma distância entre eixos de 281,4 cm, sendo 472 cm de comprimento, 192 cm de largura, 162,3 cm de altura e 21,8 cm de distância do solo. Este é o primeiro veículo da marca fabricado na instalação da Mazda Toyota Manufacturing (MTM) no estado americano do Alabama.

publicidade
CX-50 de lado
Imagem: Divulgação/Mazda

O design externo do SUV conta com rodas de liga leve metálica cinza de 17 polegadas exclusivas (e opções em 20 polegadas em liga de alumínio) e faróis de LED. Há ainda detalhes como spoiler traseiro, espelhos retrovisores elétricos na cor da carroceria com indicadores de direção em LED e saídas de escape duplas.

Tecnologia do CX-50

A cabine do CX-50 possui itens como controles climáticos intuitivos e assentos de couro em configurações mais altas. O veículo traz também uma tela de painel de instrumentos padrão de 7 polegadas ladeada por um par de medidores físicos. A maioria dos acabamentos do novo SUV da Mazda vem de fábrica com uma tela central de 10,3 polegadas (os modelos básicos descem para uma tela de 8,8 polegadas).

Detalhe da área interna do CX-50 2023
Imagem: Reprodução/Car and Driver

Da mesma forma, a maior parte da tecnologia de auxílio ao motorista do crossover 2023 da marca japonesa é equipamento padrão. Isso inclui aviso de saída de faixa e assistência de permanência na faixa, monitoramento de ponto cego, frenagem automática de emergência e controle de cruzeiro adaptativo que funciona no tráfego de paradas e partidas.

Motorização reforçada para reboque

São duas opções de powertrain para o crossover. Um motor de quatro cilindros Skyactiv-G 2.5L naturalmente aspirado produzindo 189 cv e 252 Nm de torque e outro de quatro cilindros Skyactiv-G 2.5L Turbocharged produzindo entre 230 cv / 420 Nm e 259 cv / 434 Nm, dependendo da qualidade da gasolina.

SUV da Mazda de frente, descendo
Imagem: Divulgação/Mazda

Ambos os motores são acoplados a uma transmissão automática de seis velocidades. O CX-50 vem de fábrica com a tecnologia i-Activ All-Wheel Drive (AWD) – tração nas quatro rodas – e o novo Mazda Intelligent Drive Select, ou Mi-Drive, com modos de direção Sport, Off-Road e Reboque em pacotes selecionados. A Mazda diz que reforçou o resfriamento do motor do CX-50 para aumentar a capacidade de reboque. O opcional turbo de 2,5 litros em linha permite ao veículo rebocar 1.587 kg.

SUV 2023 da Mazda em perfil
Imagem: Divulgação/Mazda

Um nível de acabamento Meridian Edition de competência premium se juntará à linha após o lançamento. A variante deve aumentar ainda mais sua aderência off-road, trocando as rodas de 20 polegadas do Turbo e os pneus 245/45R20 Goodyear Eagle Touring por um de 18 polegadas com pneus todo-o-terreno.

O Mazda CX-50 2023 está se preparando para chegar às concessionárias americanas nas próximas semanas. Seu preço começa em US$ 28.025 (algo perto de R$ 134 mil, desconsiderando diferenças de impostos ou taxas), no CX-50 2.5 S. Daí, passando pelo CX-50 Turbo que começa em US$ 37.625 (cerca de R$ 139 mil) e pela opção Turbo Premium Plus, custando US$ 42.775, que seriam R$ 204 mil, aproximadamente, em conversão direta.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Via Car and Driver e CNet