Coronavírus

Covid-19: Anvisa aprova registro definitivo da vacina da Janssen

05/04/22 13h17
Vacina da Johnson & Johnson

Vacina Janssen é feita com tecnologia do Adenovírus. Imagem: Carlos l Vives/Shtterstock

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta terça-feira (5) que a vacina contra a Covid-19 da Janssen está definitivamente aprovada no Brasil. O imunizante recebeu a autorização emergencial em 31 de março de 2021. 

“É a consolidação da análise dos melhores dados disponíveis e de forma completa, com informações mais robustas dos estudos de qualidade, eficácia e segurança, bem como do plano de mitigação dos riscos e da adoção das medidas de monitoramento”, conta o gerente-geral de Medicamentos e Insumos Biológicos da Anvisa, Gustavo Mendes. 

Leia também!

A vacina da Janssen é feita a partir de vetor de adenovírus sorotipo 26 (Ad26.COV2.S) e é recomendada para pessoas com 18 anos ou mais. O imunizante demonstrou uma eficácia de 86,4% em seis meses

A vacina é aplicada em uma dose única de 0,5 ml, mas os imunizados recebem um reforço após, no mínimo, dois meses. O novo registro também é válido para a dose de reforço da vacina.

O imunizante da Janssen é o último a receber a autorização definitiva da Anvisa. A partir de agora, todas as vacinas aplicados no Brasil possuem a autorização para serem comercializadas e distribuídas na rede pública e privada do país.

Covid-19: Anvisa aprova registro definitivo da vacina da Janssen. Imagem: Pcruciatti (Shutterstock)

De acordo com Mendes, a aprovação definitiva da Anvisa representa que a vacina é considerada “padrão ouro”. “Com o registro, a população recebe um atestado de que o produto passou por exigências comparáveis às das melhores agências reguladoras do mundo”, concluiu.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Tags