Os astronautas da Ax-1, a primeira missão totalmente privada à Estação Espacial Internacional (ISS), terão que esperar mais alguns dias para voltar para a casa. Segundo o cronograma original, a tripulação passaria 10 dias no laboratório orbital, mas os planos mudaram.

A NASA informou que os viajantes espaciais irão deixar a ISS na manhã de terça-feira (19) e aterrissar na manhã de quarta-feira (20) na costa da Flórida, nos EUA.

publicidade

Com o adiamento do retorno, a tripulação agora passará cerca de 12 dias em órbita. Os astronautas da Ax-1 foram lançados ao espaço em 8 de abril, a bordo de uma cápsula Crew Dragon, no topo de um foguete Falcon 9, ambos da SpaceX.

O ex-astronauta da NASA Michael López-Alegría é o comandante da missão, que conta ainda com o filantropo canadense Mark Pathy, além do empresário israelense Eytan Stibbe e do empresário e piloto Larry Connor.

Astronautas da missão Ax-1. Imagem: Axiom Space

Leia mais:

Astronautas querem ir além da ISS

Na última semana, os astronautas da Ax-1 participaram de uma transmissão online voltada para crianças promovida pelo Centro Espacial Houston, no Texas, EUA.

Quando um estudante perguntou se os viajantes espaciais privados gostariam de fazer uma viagem à Lua, Larry Connor foi rápido em responder. “A resposta curta é: estamos todos dentro! Nós realmente conversamos sobre isso e dissemos ‘ei, você voltaria se houvesse uma oportunidade de ir para a Lua?’. Houve um sim retumbante. Então, por favor, deixe o pessoal da NASA saber que a tripulação da Ax-1 está à disposição”, brincou.

A tripulação também respondeu a muitas das perguntas habituais que os astronautas recebem durante os eventos de voo. “Comemos a maioria das mesmas coisas que comemos em casa, mas reidratados ou embalados para minimizar a bagunça”, explicou Pathy.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!