Cientistas descobriram recentemente que o jejum intermitente não é mais eficaz para perda de peso do que uma dieta comum. O estudo, publicado no The New England Journal of Medicine, descobriu que as pessoas que foram instruídas a jejuar enquanto faziam dieta perderam peso ao longo de um ano, mas não significativamente mais do que aquelas que foram instruídas a fazer dieta normalmente.

“Neste estudo de 12 meses, descobrimos que o regime de alimentação com restrição de tempo de 8 horas não produziu maior perda de peso do que o regime de restrição calórica diária, com ambos os regimes resultando em déficits calóricos semelhantes”, escreveram os autores.

publicidade

Como foi feito?

O estudo considerou 139 voluntários com índice de massa corporal entre 28 e 45 – sendo que uma pessoa com IMC acima de 25 é considerada com sobrepeso e com IMC acima de 30 é obesa. Depois, eles foram reunidos aleatoriamente em dois grupos.

Os médicos instruíram ambos os grupos a restringir a ingestão de calorias diárias nos próximos 12 meses: entre 1.500 e 1.800 para homens e entre 1.200 e 1.500 para mulheres. Um dos grupos recebeu a instrução adicional de comer apenas entre 8h e 16h.

Além disso, todos os participantes receberam shakes nutricionais nos primeiros seis meses e aconselhamento durante todo o ano para ajudá-los a aderir à dieta.

Achados

Ao fim do estudo, 118 pessoas do grupo inicial conseguiram completar o teste. Aqueles que estavam em jejum intermitente perderam uma média de 8 kg da linha de base, em comparação com os 6,3 kg perdidos pelo grupo de dieta controle – uma diferença que não foi estatisticamente significativa.

Também não houve diferenças significativas em outras medidas relevantes, como alterações no nível de gordura corporal, na circunferência da cintura, na pressão arterial e em níveis de de glicose e lipídios. Isto é, todos os participantes melhoraram em relação à linha de base.
Além disso, os efeitos adversos leves, como fadiga, tontura e dores de cabeça, foram comuns nos dois grupos.

Por que importa?

Apesar de os achados serem semelhantes a outros estudos, essa é uma rara pesquisa de longo prazo com um grupo de controle. Algumas pesquisas anteriores sugeriram que o jejum intermitente poderia proporcionar um benefício adicional em relação à dieta tradicional. Porém, muitos dos dados vieram de estudos com animais, análises observacionais ou curta-duração.

No entanto, é importante observar as limitações do ensaio. O grupo de 16 autores indicaram que não analisaram a queima de calorias individualmente ou a quantidade de exercício físico feita.

A prática de exercícios físicos é um fator importante para a perda de peso
A prática de exercícios físicos é um fator importante para a perda de peso. Imagem: Inside Creative House / Shutterstock

Ainda é relevante considerar que a análise se baseou em um grupo aleatório de pessoas na China. Portanto, é possível que outros estudos encontrem que o jejum intermitente é benéfico para pessoas com certas condições médicas ou não tem o mesmo efeito para diferentes etnias.

De acordo com os autores, o jejum intermitente não parece ser pior do que a dieta tradicional. Então, para aqueles que preferem, dizem eles, suas descobertas “sugerem que o regime de alimentação com restrição de tempo funcionou como uma opção alternativa para o controle de peso”.

Leia também:

O que é o jejum intermitente?

O jejum intermitente é uma dieta popular que consiste em limitar o período de ingestão de comida. Por isso, ele pode ser praticado de diferentes formas.

Prato de comida simbolizando a janela de comida permitida durante jejum intermitente
No jejum intermitente, a pessoa tem uma janela de tempo para se alimentar. Crédito: Vetre/Shutterstock

Nos últimos anos, a dieta ficou famosa diante da promessa de ser uma forma de queimar as reservas de gordura do corpo de forma mais eficaz. Algumas pessoas defendem que é uma maneira mais fácil de limitar as caloridas ingeridas diariamente.

Como fazer jejum intermitente?

Você pode fazer jejum intermitente seja jejuando apenas algumas horas do dia (como 8h, 10h, 12h etc), seja abdicando-se de alimento um (ou mais) dia inteiro. Mas lembre-se de procurar um médico especializado antes de testar este método para perda de peso.

Via Gizmodo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!