A partir do dia 11 de maio deste ano os aplicativos que funcionam como gravadores de conversa para Android deixarão de aparecer na Play Store. A novidade acontece após uma mudança nas políticas da loja de apps para o sistema operacional móvel do Google, mas não muda o funcionamento dessas ferramentas quando pré-instaladas nos celulares.

O Google alterou algumas partes de sua política de aplicativos para a Play Store, mudando o acesso que os programas podem ter para uma API específica, focada em acessibilidade. Uma das mudanças envolve a possibilidade do programa gravar ligação no smartphone.

publicidade

Leia também

Gravador de chamadas no Galaxy (Imagem: reprodução)
Gravador de chamadas no Galaxy (Imagem: reprodução)

A alteração foi divulgada pelo gigante das buscas em um webinar feito com os desenvolvedores que escolheram o Android para criar programas. Nela, a empresa afirma que a API focada em acessibilidade não foi criada e não pode ser requisitada para gravar uma chamada de voz.

Mudança no Android foca em privacidade

O problema, segundo o Google, está na possibilidade do outro lado da chamada não estar ciente de que a ligação está sendo gravada naquele momento. A mudança não é exatamente nova, pois a própria empresa já vem dificultando o trabalho destes aplicativos em versões mais antigas do Android, como aconteceu no 10 onde a função foi revogada por completo.

A partir deste momento os desenvolvedores passaram a utilizar essa API de acessibilidade para continuar gravando as conversas por voz. Este cenário deixará de ser possível para todos os programas que estão disponíveis na loja oficial de apps e games do Android, a Play Store, independente da versão do Android que eles estão focados.

O gigante das buscas deixou claro que ferramentas para este mesmo fim e que estão inseridas nos smartphones pelas fabricantes, continuarão funcionando normalmente. Neste caso os apps não utilizam a API. Exemplos destes aparelhos podem ser encontrados nos Google Pixel, alguns modelos da Asus, praticamente todos os Samsung Galaxy e também da Xiaomi.

Via: Android Authority.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!