Da mesma forma que Mark Zuckerberg está obcecado pelo Metaverso, Elon Musk está obcecado pelo Twitter e para se tornar o dono da rede social. De olho nisso, o fundador da Tesla e da SpaceX registrou três novas empresas com os nomes de X Holdings, como mais uma tentativa de comprar o Twitter.

A X Holdings está sendo fundada para ser a controladora das empresas do bilionário, como a Tesla, SpaceX e Bring Company, e empresas que podem se tornar de Musk no futuro, como é o caso do Twitter. As novas empresas foram registradas no estado de Delaware, nos Estados Unidos.

publicidade

O que é uma holding

Uma holding é uma empresa que tem como função obter a posse majoritária das ações de outras empresas, que se tornam suas subsidiárias. Um exemplo disso é a Meta, que pode ser compreendida como uma holding, que tem como subsidiárias Facebook, WhatsApp e Instagram.

De acordo com documentos obtidos pela Bloomberg, Elon Musk e outros investidores estão criando a X Holdings para realizar um forte aporte de capital e fazer uma grande oferta ao Twitter. Caso a proposta seja aceita, uma subsidiária seria usada para se fundir à rede social de microblogs.

Obcecado pelo Twitter

elon musk twitter
Elon Musk já teve duas propostas bilionárias para a compra do Twitter negadas. Imagem: mundissima/Shutterstock

Antes da fundação da X Holdings, Elon Musk já fez algumas ofertas ao Twitter para comprar a rede social. Nesta semana, o bilionário fez uma proposta de US$ 46,5 bilhões (cerca de R$ 230 bilhões) pela plataforma. No entanto, a oferta foi prontamente negada pelo conselho da empresa.

Leia mais:

Segundo a Bloomberg, a Blackstone, a Vista e a Brooksfield, as holdings que controlam o Twitter atualmente, não têm interesse em vender a empresa para Elon Musk ou qualquer outro empresário no momento.

Via: Uol

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!