No início do ano, a Lucid Motors fechou acordo com a Arábia Saudita para instalar sua primeira fábrica fora dos EUA. Agora, a montadora divulgou os planos de como vai funcionar a relação com o reino árabe.

Em comunicado de imprensa divulgado nesta quarta-feira (27), o governo saudita prometeu comprar 50 mil veículos da Lucid Motors nos próximos dez anos. O mesmo acordo inclui a possibilidade de 50 mil modelos adicionais da montadora da Califórnia até 2032.

publicidade

Melhor carro de 2021, o Lucid Air faz parte do contrato, mas a empresa também promete entregar outros tipos de modelos, entre SUVs e sedãs 100% elétricos.

“A entrega de até 100 mil veículos elétricos da Lucid na Arábia Saudita representa outro momento crucial na nossa aceleração do transporte sustentável em todo o mundo”, disse Peter Rawlinson, CEO e CTO da Lucid. “Estamos muito satisfeitos em apoiar a Arábia Saudita no alcance de suas metas de sustentabilidade e ambições de emissões zero.”

Lucid Air, um dos carros que irão à Arábia Saudita
Lucid Motors/Divulgação

Primeiro lote chega à Arábia Saudita no início do ano que vem

Embora não tenha divulgado muitos detalhes sobre o acordo, a Lucid Motors confirma que irá entregar de 1.000 a 2.000 modelos por ano à Arábia Saudita. O número crescerá à medida que as instalações da montadora forem se expandindo no Oriente Médio. Os primeiros carros que fazem parte do acordo chegarão ao reino árabe em abril de 2023 e a produção será acelerada a partir de 2025.

O valor pago pelo governo saudita pelos primeiros 50 mil EVs não foi divulgado, mas será determinado por uma estratégia interesssante. Para determinar o montante, a montadora utilizará o menor preço do varejo padrão para o mercado árabe, junto com o preço do varejo aplicável nos Estados Unidos, além dos custos de logística, importação e homologação. Com a notícia, as ações da Lucid saltaram para US$ 19,33 (R$ 97,01) na bolsa da Nasdaq, em Nova York.

Crédito da imagem principal: Lucid Motors/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!