Considerada uma das maiores fabricantes de chips do mercado, a norte-americana Nvidia terá que arcar com uma multa de US$ 5,5 milhões. O motivo? A empresa não divulgou os impactos da mineração de criptomoedas em parte dos seus ganhos fiscais de 2018.

Na época, por dois registros trimestrais, a companhia optou por omitir a informação. A multa foi aplicada em comum acordo pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission, ou SEC) — mesmo órgão que negou o pedido de Elon Musk para barrar supervisão de sua conta no Twitter.

publicidade
O CEO da Nvidia, Jensen Huang, disse em 2018 que era impossível saber quanto do seu hardware estava sendo usado para mineração. Imagem: michelmond/Shutterstock

Em comunicado, a comissão declarou o seguinte: “Sem admitir ou negar as descobertas, a NVIDIA concordou em pagar uma multa de US$ 5,5 milhões”.

“As falhas de divulgação da Nvidia privaram os investidores de informações críticas para avaliar os negócios da empresa em um mercado importante”, acrescentou Kristina Littman, chefe da unidade cibernética da SEC.

Leia mais:

Histórico da Nvidia com a mineração

Em novembro de 2018, o CEO da Nvidia, Jensen Huang, chegou a declarar que era impossível saber quanto do seu hardware estava sendo usado para mineração. “Meu ponto é que simplesmente não sabemos, não há como calcular isso”, declarou o executivo na época.

Em um relatório trimestral divulgado em maio do mesmo ano, a empresa atribuiu o aumento na receita da divisão de placas gráficas apenas ao interesse dos gamers.

“A receita de negócios de GPU foi de US$ 2,77 bilhões, um aumento de 77% em relação ao ano anterior”, informou a Nvidia na ocasião. “A receita de jogos aumentou 68% em relação ao ano anterior. O crescimento foi impulsionado pela demanda de jogadores que jogam eSports e jogos AAA”.

Por fim, vale ressaltar que a Nvidia chegou a citar os impactos da mineração nos seus negócios em 2017, informou o Decrypt. Em seu relatório trimestral divulgado em julho, a empresa citou que a sua receita da divisão de PC “aumentou 200%” devido à forte demanda por placas de vídeo para uso em mineração. 

Via: Decrypt

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!