Veículos e Tecnologia

Novo Corvette Z06 terá controle de lançamento perfeito para fazer bonito na arrancada

11/05/22 13h30
Chevrolet Corvette Z06

Chevrolet/Divulgação

Sistemas de controle de lançamento e tração, atualmente, são quase perfeitos. O sistema do McLaren Artura, por exemplo, é tão bom que é possível pedir ao carro uma curva em drift, pisar no acelerador e se sentir um Lewis Hamilton. Com motor V8 de 680 cv, o novo Chevrolet Corvette Z06, previsto para ser lançado em 2023, terá um controle de tração e lançamento igualmente avançados.

Em conferência realizada no museu da Corvette em Bowling Green, no Kentucky (EUA), o engenheiro-chefe Josh Holder afirma que o novo modelo terá um sistema semelhante e totalmente personalizável. Em essência, funcionará como um controle de tração variável semelhante aos de carros de corrida, com uma série de configurações para diferentes níveis de derrapagem ou wheelspin durante o lançamento.

Por enquanto, o sistema é chamado de “controle de inicialização personalizado”, funcionando separadamente das configurações do controle de tração. De acordo com a Chevrolet, o sistema “permitirá ao motorista escolher a agressividade de lançamento para combinar com a tração disponível dos pneus”. Isso significa que será possível descobrir o nível de aderência do carro por conta própria e controlá-lo da forma que quiser para extrair uma boa partida.

Chevrolet/Divulgação

Sistema ajustará torque com base na rotação do motor

Ainda segundo a montadora americana, o sistema estará disponível em duas categorias: velocidade de motor e deslizamento. Na primeira, o Corvette Z06 ajustará automaticamente as saídas de torque no controle de lançamento com base na rotação. Em outras palavras, se você selecionar um determinado número de rpm, o carro calculará quanto torque é necessário naquela velocidade de propulsão para que funcione da melhor forma possível — onde se encaixa a segunda categoria.

A partir daí, os computadores verificarão o nível de derrapagem permitido e, uma vez detectado, reduzirá o torque. Em resumo, o motorista terá um lançamento mais rápido em uma superfície aderente, reduzindo o deslizamento ao menor nível possível e aumentando a velocidade da aceleração ao mais alto degrau de forma semelhante.

Segundo Holder, embora o sistema ofereça benefícios, ele, na verdade, é mais um gracejo do que uma forma de extrair mais desempenho. A ferramenta, porém, pode ser ótima para corridas de arrancada. Superfícies preparadas como as encontradas em uma pista de drag racing padrão, com maior aderência, em que o motorista pode se dar o luxo de dar partida no carro com elegância (ou agressividade).

Crédito da imagem principal: GM/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags