Junto do Pixel 6a e detalhes (bem pequenos) do Pixel 7, o Google também aproveitou seu evento para desenvolvedores, o Google I/O, para anunciar uma nova geração de seus fones de ouvido completamente sem fios: o Pixel Buds Pro. O acessório continua com o mesmo visual do modelo anterior, mas agora com cancelamento de ruído e boa autonomia.

O Google, ao menos no mercado internacional, é bastante animado com a quantidade de produtos disponíveis para o público. Vai desde termostato inteligente, câmera de segurança e tela com o Assistente, até smartphones e tablets. Um nicho recente para a divisão de hardware do gigante das buscas é o de fones de ouvido, que nesta semana acaba de receber uma nova geração com o Pixel Buds Pro.

publicidade

Leia também

Google Pixel Buds Pro (Imagem: divulgação/Google)
Google Pixel Buds Pro (Imagem: divulgação/Google)

O Pixel Buds Pro não é o primeiro fone de ouvido do Google, mas inaugura o ataque direto do gigante das buscas para um mercado onde estão confortáveis os concorrentes como Apple e os AirPods Pro, Sony e até a Sennheiser.

Novo Pixel Buds Pro é parecido com o Pixel Buds

Olhando para o fone, ele é muito parecido com os outros Buds já lançados no mercado internacional pelo Google, mas agora com cancelamento ativo de ruído, modo ambiente para ouvir com clareza qualquer pessoa ao redor ou mesmo o local de forma mais genérica, proteção contra chuva e suor com a certificação IPX4.

O Pixel Buds Pro também chega com um recurso cada vez mais ausente na concorrência: controlar o volume com a superfície dos próprios fones. O Google afirma que este controle, mesmo em níveis elevados, conta com tecnologia para equalizar o áudio e assim manter a qualidade. Eu entendo isso como: diminuir os graves para não deixar qualquer onda sobrepor a outra.

Outra função dos novos Google Pixel Buds Pro está na interação com o recente ecossistema do Android. Com isso, o gigante das buscas entrega a possibilidade de pareamento rápido entre dispositivos com a mesma conta de usuário, exatamente como faz a Apple e os AirPods.

Em autonomia o Google promete sete horas de uso contínuo, ou 11 horas seguidas com o cancelamento de ruído desligado. Bons números.

Quando e quanto?

Os Pixel Buds Pro serão lançados em pré-venda a partir do dia 21 de julho, com o lançamento para o varejo americano a partir do dia 28 do mesmo mês. O preço sugerido para venda é de US$ 199 e não existe previsão de lançamento no Brasil.

Levando em conta a falta de produtos da empresa por aqui, com poucos lançamentos (e alguns deles com anos de atraso, como com o Google Wi-Fi), meu palpite é que o Pixel Buds Pro sequer chegará ao Brasil.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!