Medicina e Saúde

Calcinha especial para prevenção de infecções sexualmente transmissíveis liberada nos EUA

Por Matheus Barros, editado por Lucas Soares
12/05/22 16h17, atualizada em 13/05/22 14h44
Homem e mulher com as pernas entrelaçadas no chão

Imagem: VGstockstudio/Shutterstock

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, autorizou a comercialização de calcinhas de proteção contra infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) durante o sexo oral.  

Ao contrário do muitas pessoas ainda pensam, o sexo oral não está livre da possibilidade de um parceiro passar ISTs ao outro. Infecções como herpes, gonorreia e sífilis podem ser transmitidas por meio ato. Além da possibilidade transmissão do HPV (papilomavírus humano), que pode evoluir para câncer oral ou de pescoço. 

Leia também!

Por isso, uma empresa norte-americana criou uma calcinha ultrafina, super elástica e com o sabor de baunilha. A roupa íntima visa proteger as pessoas durante o contato com a vagina ou ânus durante o sexo oral.  

A diretora da divisão de doenças infecciosas da Universidade do Alabama em Birmingham, Jeanne Marrazzo, afirmou que este tipo de proteção é muito importante já que adolescentes estão iniciando sua vida sexual por meio do sexo oral.  

A médica ainda afirmou que, para pessoas de todas as idades, a calcinha de proteção pode “reduzir a ansiedade e aumentar o prazer em torno desse comportamento específico”. 

Anteriormente, o único produto previamente autorizado pela FDA para proteção durante o sexo oral era uma espécie de folha fina de látex ou poliuretano que precisava ser segurada com as mãos para impedir o contato direto da boca com os genitais.  

Imagem: Divulgação/Lorals

O produto foi adaptado dos consultórios odontológicos para as relações sexuais após a epidemia de Aids. Porém, a barreira protetora não fez sucesso entre a população e, atualmente, seus preços tendem a ser mais altos do que os preservativos. 

Melanie Cristol, dona da empresa Lorals, que fabrica as calcinhas de proteção, revelou que o produto é tão fino quanto as camisinhas e forma uma vedação na parte interna da coxa para segurar os fluídos.  

Cristol revelou que a empresa também comercializa os produtos para quando a mulher está no período menstrual, ou quando o parceiro tem uma barba muito áspera, por exemplo. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags