Veículos e Tecnologia

Após não conseguir redução de impostos na Índia, Tesla abandona planos de entrar no país, por enquanto

13/05/22 16h31
Volante de um carro Tesla: produção deverá dobrar em 2022

Christopher Lyzcen/Shutterstock

Os planos da Tesla para a Índia estão suspensos após a montadora de elétricos não conseguir um acordo com o governo local para redução de impostos. As negociações nesse sentido ocorrem há um bom tempo entre a empresa americana e os representantes estatais do país, e parece que tudo vai ter que realmente esperar, conforme traz a Reuters.

Uma dose sobre qual caminho parecia estar sendo desenhado vimos aqui há algumas semanas, quando o ministro local de Transporte Rodoviário e Rodovias, Nitin Gadkari, disse que não queria na Índia carros da Tesla feitos na China. Justamente, a montadora tinha muito interesse na redução de impostos de importação de veículos elétricos para trabalhar no país.

Leia também:

Durante meses, a empresa de Elon Musk procurou opções imobiliárias para abrir showrooms, centros de serviços e estações de carregamento rápido Supercharger nas principais cidades indianas, como Nova Délhi, Mumbai e Bangalore. Agora, diante do insucesso em sua busca por concessões do governo da Índia, até essa procura está interrompida.

100% de impostos para a Tesla

O governo da Índia cobra um imposto de 60% sobre a importação de veículos elétricos com preços até US$ 40 mil e um imposto de 100% sobre veículos com preço acima desse valor. Considerando que, nos Estados Unidos, carros Tesla custam a partir de uns US$ 45 mil, os clientes indianos precisam pagar o dobro para ter um modelo da marca em casa.

Para termos uma ideia, seriam cerca de US$ 90 mil por um carro Model 3 básico da Tesla que um morador da Índia precisa pagar. Então, estamos falando de um valor em cerca de R$ 454 mil (em conversão direta).

Essa medida tarifária é vista como uma ação protetiva estatal, para o governo do país beneficiar a produção local. Por sua vez, a Tesla tem como uma forma de ação, antes de entrar em um mercado, oferecer aos clientes seus modelos importados de onde já possui produção.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte Reuters

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags