Veículos e Tecnologia

Ford vende parte da sua participação na Rivian

15/05/22 10h51, atualizada em 15/05/22 11h02

josefkubes/Shutterstock

A Ford decidiu vender mais 7 milhões de ações da Rivian Automotive. A decisão foi anunciada pela empresa em um comunicado divulgado na última sexta-feira (13) e movimentou mais de US$ 188 milhões.

O que pode explicar a decisão é o mercado cada vez mais acirrado no segmento de carros elétricos. A companhia, inclusive, possui um modelo que concorre no mesmo nicho da Rivian, a picape elétrica F-150 Lightning.

Ford se desfez de 15 milhões de ações da Rivian na última semana. Imagem: jon lyall/Shutterstock

Na última terça-feira, 10 de maio, a Ford também vendeu outros 8 milhões de ações da montadora por US$ 214 milhões. Agora, a Ford detém 86,9 milhões de ações da empresa com sede na Califórnia.

Em meio a crise de componentes no mercado, a Rivian também confirmou recentemente que cortará os seus planos de produção pela metade em 2022, de 40 mil para 25 mil unidades. 

Via: Reuters

Leia mais:

Rivian não espera lucro rápido

Em seu relatório fiscal anual, a startup Rivian afirmou que não espera obter lucro imediato em seus primeiros anos de operação. Segundo a companhia, o momento atual é de “fase de crescimento”.

“Incorremos em perdas líquidas desde o nosso início, incluindo perdas de US$ 400 milhões, 1 bilhão e 4,7 bilhões nos exercícios encerrados em 31 de dezembro de 2019, 2020 e 2021”, relatou a montadora no documento. “Continuaremos a incorrer em perdas no futuro enquanto crescemos, inclusive após nossa geração inicial de receitas com a venda de nossos veículos, com a [picape] R1T em setembro de 2021 e o [SUV] R1S e o [furgão] EDV em dezembro de 2021.”

Por fim, vale destacar que a companhia também conta com apoio de outro gigante: a Amazon. A gigante do varejo encomendou 100 mil vans eletrificadas da Rivian, além de investir US$ 1 bilhão na startup.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags