O filme “Rust”, com Alec Baldwin, será finalizado, mesmo após o incidente que levou à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, com um tiro acidental durante as filmagens.

De acordo com o The Hollywood Reporter, Baldwin, juntamente com Anjul Nigam, que são produtores do longa, estão levando o filme para o mercado de Cannes, e tentarão lançá-lo sob uma nova produtora, a Persona Entertainment. Isso acontece sete meses após a morte de Halyna Hutchins, com um tiro acidental durante as filmagens, que partiu de uma arma que Alec Baldwin segurava.

publicidade

Nigam afirmou que o filme foi financiado e espera que os distribuidores sejam receptivos a “Rust”, mesmo com as circunstâncias trágicas envolvendo a produção. A morte de Hutchins segue sob investigação pelo escritório do xerife do Condado de Santa Fé.

“’Rust’ é obviamente uma tragédia horrível”, afirmou Nigam ao THR. “Esperamos que a investigação seja resolvida em breve e revelará o que aconteceu. Obviamente, haverá pessoas por aí que terão perspectivas negativas, mas estamos confiantes em continuar fazendo filmes de qualidade.”

“Estamos confiantes de que seremos capazes de completar o filme”, afirmou ele, esperando que isto aconteça após a conclusão das investigações. No entanto, ele posteriormente explicou o próprio comentário. “Minha declaração de que estava confiante de que o filme poderia ser concluído foi apenas meu otimismo, e não um plano real. Muitos dos envolvidos esperam homenagear Halyna completando seu último trabalho, mas neste momento é apenas esperança.”

“Rust” é um faroeste de baixo orçamento que acompanha um menino de 13 anos que acaba deixado sozinho com seu irmão no deserto após a morte dos pais no Kansas em 1880. Só que o garoto acidentalmente mata um fazendeiro e precisa fugir junto com o avô, para evitar a punição por enforcamento.

Leia mais!

Mesmo com o filme seguindo em frente e a dupla contando com uma nova produtora, Baldwin e Nigam seguem enfrentando problemas legais relacionados a “Rust”. A família da diretora de fotografia Halyna Hutchins, morta durante as gravações do filme, entrou com um processo contra Baldwin, Nigam e outros produtores e membros da equipe de “Rust”. Eles alegam que comportamento imprudente e cortes de custos teriam causado o tiro acidental.

Em resposta ao processo da família de Hutchins, os produtores argumentaram que o caso em questão deve ser fechado, pois trata-se de um acidente em local de trabalho, o que deve ser tratado diretamente com o sistema de compensação de trabalhadores do governo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!