Na construção do supercarro MC20 Cielo, lançado nesta semana, a Maserati se uniu à (também italiana) empresa de áudio de alta fidelidade Sonus Faber para criar um sistema de som interessante. Com um conjunto de 12 alto-falantes, o sistema premium do Cielo reconhece a configuração de teto solar do carro e se adapta automaticamente à ambiência, atualizando o alinhamento de tempo, equalização e níveis de som para oferecer a melhor qualidade de áudio no interior.

Projetar e implementar um som refinado em um soft-top, em vez de um modelo com teto de metal rígido, apresenta vários desafios, mas a Sonus Faber parece ter ido bem na tarefa. Segundo a Maserati, o sistema no supercarro foi otimizado a partir do ajuste de vários fatores, como níveis de ganho, balanceamento de timbres e filtros de cruzamento.

publicidade
Supercarro Maserati MC20 Cielo
Maserati/Divulgação

Como explica Mario Passarelli, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Sonus Faber, a ideia era oferecer ao motorista uma experiência de música ao vivo, quando o teto está aberto, e uma mais aprimorada e imersiva quando ele está fechado. “No novo MC20 Cielo, desenvolvemos duas afinações diferentes que estão ligadas à posição da capota”, explica o executivo, em comunicado à imprensa. “Quando ela está aberta, o ambiente da cabine muda completamente, assim como a percepção acústica dos passageiros.”

O sistema de áudio do MC20 abrange dois tweeters (saída de agudos) de cúpula de seda da Sonus Faber, duas saídas de médios e dois woofers na porta, um tweeter e um médio no painel central, e dois pares de tweeters e médios na traseira para envolver os presentes com som surround.

Leia mais:

Teto de cristal líquido e motorização reforçada

A composição do teto retrátil é um luxo à parte: feito de PLDC (cristal líquido polimérico-disperso, na sigla em inglês), ele pode ser aberto e fechado em 12 segundos. Já a abertura vertical das portas é, ao mesmo tempo, um recurso estético e prático, já que ajuda a evitar arranhões ao estacionar em uma calçada com meio-fio alto.

Maserati MC20 Cielo
Maserati/Divulgação

No conjunto técnico, o supercarro da Maserati não decepciona: empurrando a versão conversível do MC20, há um V6 biturbo 3.0 construído 100% pela montadora italiana que gera 630 cv de potência e 74,4 kgfm de torque. A caixa de câmbio automática com oito marchas permite ainda que o carro avance de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, com velocidade máxima de 325 km/h.

Maserati MC20 Cielo
Maserati/Divulgação

O preço do Cielo ainda não foi revelado, mas tirando pelo valor do MC20 padrão, os custos não devem ser inferiores a R$ 2,4 milhões — o superesportivo está disponível no Brasil pela Direct Imports, que traz diversos carros de luxo do exterior.

Crédito da imagem principal: Maserati/Divulgação

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!