Nesta quinta-feira (9), Jay-Z anunciou em parceria com Jack Dorsey, ex-CEO do Twitter, a ‘Bitcoin Academy’, um programa de ensino financeiro focado em criptomoedas. A iniciativa terá como sede a casa de infância do rapper americano no Brooklyn, um dos bairros mais tradicionais de Nova York.

“Senhor @sc (perfil de Jay-Z no Twitter) e eu estamos financiando a #Bitcoin Academy, um programa para moradores de Marcy Houses no Brooklyn, em Nova York, onde Jay cresceu”, disse Dorsey no Twitter.

publicidade

A Bitcoin Academy oferecerá uma série de aulas online e presenciais abordando temas como “o que é blockchain”. O programa será aberto para todos os membros da comunidade local e inclui até um acampamento infantil.

O conteúdo será ministrado pelos grupos educacionais Crypto Blockchain Plu e Black Bitcoin Billionaire, o último busca apresentar o Bitcoin aos negros e já recebeu apoio financeiro da Block, a empresa de pagamentos de Dorsey.

publicidade

A iniciativa, que também conta com o apoio de instituições de caridade, funcionará por duas noites da semana até o início de setembro e inclui jantar para todos os alunos. Jay-Z e Dorsey não descartam a expansão do programa para outros bairros no futuro.

Veja também:

publicidade

Vale ressaltar que esta não é a primeira colaboração entre Jay-Z e Dorsey. No ano passado, a Block, ainda conhecida como Square, comprou o Tidal, o serviço de streaming de música do rapper. A dupla chegou a propor que a plataforma poderia funcionar como um veículo para distribuição de NFTs.

Via: Decrypt

publicidade

Negociação de criptomoedas explode no Brasil

Falando em criptomoedas, vale ressaltar que o volume de negociações de ativos digitais cresceu 417% no Brasil em 2021. Ao todo, o mercado cripto tupiniquim movimentou R$ 103,5 bilhões, reforçando que os criptoativos caíram no gosto dos brasileiros. Os dados são de um levantamento anual efetuado pela plataforma CoinTrader Monitor.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!