Veículos e Tecnologia

BMW iX pode chegar a quase 1.000 km de alcance com nova bateria

14/06/22 17h20, atualizada em 16/06/22 17h08
O vídeo está sendo carregado - aguarde...

A BMW vai testar com o SUV iX um protótipo de bateria da startup americana ONE (Our Next Energy) que permite um alcance de 960 km —cerca de 50% a mais do que o oferecido atualmente pela especificação xDrive50. O modelo experimental estará nas estradas até o fim deste ano, confirmaram as empresas em anúncio divulgado nesta terça-feira (14).

Chamada de Gemini, a bateria da ONE emparelha dois tipos de células (Traction e Long Range), cada uma com finalidades diferentes. Na porção Traction, as células usam um cátodo de fosfato de ferro de lítio (LFP, na sigla em inglês), conhecido por ter uma menor densidade de energia do que as químicas à base de cobalto, níquel ou alumínio – componentes utilizados em boa parte das baterias atuais. Já na porção Long Range, são incorporados materiais com maior densidade, como o manganês, além de uma pequena quantidade de cobalto e níquel.

ONE/Divulgação

Segundo a ONE, as células Traction, menos densas, serão responsáveis por 99% da quilometragem do veículo, enquanto as Long Range entrarão em ação para reduzir o estresse e a deterioração das primeiras, intervindo em 1%. “A bateria Gemini reduz o uso de lítio em 20%, diminui o uso de grafite em 60% e minimiza o uso de níquel de cobalto”, afirma a startup, que alega produzir suas baterias por meio de “uma cadeia de suprimentos sem conflitos”.

Divisão de investimentos da marca alemã, a BMW iVentures é uma dos patrocinadoras da startup. No ano passado, a empresa investiu cerca de US$ 25 milhões (cerca de R$ 129 mi) no projeto da startup, logo a parceria era inevitável.

ONE já testou a mesma bateria em um Tesla Model S

A ONE afirma ser capaz de fornecer uma bateria com densidade de energia com quase o dobro do encontrado nos carros elétricos de hoje. Depois dos testes em dezembro com o iX, a BMW e a empresa americana esperam trabalhar juntas em novas baterias, como parte do esforço da startup em tornar a marca alemã um fornecedor de longo prazo. “Precisamos trabalhar com a BMW para entender os requisitos”, ressalta o CEO da startup, Mujeeb Izaz, em entrevista à Car and Driver.

No fim do ano passado, a ONE chegou a experimentar a mesma bateria do iX em um Tesla Model S e conseguiu aumentar o alcance do sedã para incríveis 1.210 quilômetros. Segundo a empresa, o Tesla rodou durante o teste por quase 14 horas pelo estado de Michigan, no nordeste dos EUA, a uma velocidade média de 89 km/h.

ONE/Divulgação

Crédito da imagem principal: ONE/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags