Internet e Redes Sociais

Google fecha parceria com empresa responsável pela Wikipedia

22/06/22 18h44
Telefone celular com a imagem da Wikipedia

Crédito: Shutterstock

O Google anunciou uma nova parceria com a Wikimedia Foundation, empresa responsável pela Wikipedia. O acordo prevê que a gigante da tecnologia se tornará cliente do Wikimedia Enterprise, ferramenta voltada às empresas.  

O Google é uma das empresas que mais utiliza informações do Wikipedia, um dos exemplos mais clássicos é o quadro de informações que fica do lado direito do campo de pesquisas e oferecem resultados rápidos sobre o que foi procurado.  

Leia também!

Com o novo acordo, o Google não dependerá mais dos APIs (interfaces de programação de aplicativos) e dados gratuitos que são utilizados por todos, agora a empresa terá acesso a APIs mais adequados para o alto processamento de informações.  

O serviço contratado também permite que os clientes recuperem atualizações para o conteúdo que foi utilizado, evitando que informações desatualizadas ou imprecisas apareçam na web fora da Wikipedia.  

Apesar do anúncio do acordo, não ficou claro o que mudará para o usuário final. Espera-se apenas que a Wikipedia seja citada como fonte com mais frequência e em maior destaque. 

Imagem: Shutterstock

Rússia x Ucrânia: Wikipédia se posiciona contra ordem russa para remover informações sobre a guerra

A Wikimedia Foundation, dona do portal Wikipédia, entrou com um recurso contra a decisão de um tribunal da Rússia que exigia a remoção de informações relacionadas à invasão na Ucrânia.  

“Pedimos ao tribunal que reconsidere em favor dos direitos de todos ao acesso ao conhecimento e à liberdade de expressão”, disse o conselheiro-geral da Wikimedia Foundation, disse Stephen LaPorte. 

O tribunal russo multou a empresa dona da Wikipédia em 5 milhões de rublos – cerca de US$ 88 mil, por não remover alguns artigos da plataforma, como: “A invasão russa da Ucrânia”, “Crimes de guerra durante a invasão russa da Ucrânia” e “Massacre em Bucha”.  

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Via: The Verge

Deixe sua opinião
Tags