Veículos e Tecnologia

Inspirado em “Batmóvel” dos anos 1970, novo BMW 3.0 CSL terá edição limitada custando mais de R$ 4 milhões

29/06/22 15h59
Carro da BMW de frente

Um novo BMW 3.0 CSL foi confirmado agora em um post no Instagram de ninguém menos que Frank van Meel, chefe da divisão M da empresa alemã. A estreia do modelo inspirado no icônico carro BMW dos anos 1970 (que carregava o apelido de “Batmóvel” na época, por causa de seu design) está sendo aguardada ainda para 2022.

Essa ideia bate com as comemorações de 50 anos da subsidiária M da marca, voltada para modelos de competição. 50 novos 3.0 CSL serão produzidos, custando € 750.000, segundo algumas informações, algo que talvez coloque o veículo como o novo BMW mais caro de todos os tempos. Para termos uma ideia, em conversão direta, desconsiderando diferenças de impostos ou taxas, o valor seria equivalente a cerca de R$ 4 milhões.

Leia também:

Trazendo algumas mudanças importantes, o veículo deverá ser baseado no M4 CSL, com tração traseira, sem a transmissão automática de oito marchas, mas com uma caixa manual de seis marchas. As expectativas sob o capô estão em um motor 3,0 litros S58 da BMW, seis cilindros, em linha, para algo em torno de 600 cv e 650 Nm de torque entre 2.750 rpm e 5.950 rpm (o que acontece no coração do M4 CSL).

Apesar da abrangente camuflagem aplicada no veículo visto no post de van Meel, ao que tudo indica, o novo 3.0 CSL deverá apresentar uma carroceria com sabor retrô. Em termos de design, vemos que o pesado disfarce bem colorido não escondeu algumas dicas, como a grande asa e o spoiler do teto (muito marcante no Batmóvel BMW construído há cerca de 50 anos).

Fotógrafos espiões capturaram um protótipo do veículo fora das instalações da BMW na Alemanha. Seu envoltório de camuflagem não convencional trazia fotos de vários modelos da BMW M. Dentre eles, podemos destacar o CSL 3.0 original.

Imagem: Reprodução/Carscoops

Um colorido BMW para o homem-morcego

A grade em desenho de rim se apresenta menor que a existente no M4 CSL, enquanto atrás há escapamentos quádruplos. Os faróis recebem uma identificação retirada do BMW M3 e as lanternas traseiras são apresentadas em LED. Os para-lamas na frente e atrás surgem atualizados, mais largos – também lembrando aqueles existentes no Batmóvel 3.0 CSL.

Imagem: Reprodução/Carscoops

No início dos anos 1970, a divisão Motorsport da BMW, antes de se tornar a divisão M que conhecemos hoje, construiu um carro de corrida 3.0 CSL baseado no chassi E9. Seu apelido “Batmóvel” se deu por sua impressionante carroceria e aerodinâmica agressiva.

Imagem: Divulgação/BMW

Os elementos de design mais famosos do veículo eram sua asa traseira monstruosa, além dos enormes para-lamas. O 3.0 CSL daquela época é um dos carros de corrida mais emblemáticos da história da marca e sua peculiar aparência é um grande motivo disso. A BMW M não revelou informações sobre uma data oficial para a apresentação do novo modelo ou suas especificações técnicas.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Tags