Medicina e Saúde

Losartana: conheça alternativas ao medicamento recolhido do mercado

30/06/22 10h01
Medicamento pode ser a chave para impedir a propagação do vírus

Foto: fizkes/Shutterstock

Há uma semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a interdição e o recolhimento de lotes de medicamentos contendo o princípio ativo losartana, um dos anti-hipertensivos mais utilizados para insuficiência cardíaca no Brasil. Segundo reportagem do O Globo, no entanto, existem algumas alternativas ao remédio, as quais você confere mais abaixo.

Após o comunicado da agência, muitas pessoas ficaram em dúvida a respeito do Losartana, assim, o primeiro ponto a destacar é: não interrompa o tratamento em hipótese alguma – a não ser por orientação médica. Segundo a reguladora, nos casos de pacientes que estejam usando lotes afetados a recomendação é conversar com um médico para tirar dúvidas, mas não parar de tomar o medicamento. 

Losartana: conheça alternativas ao medicamento recolhido do mercado. Imagem: DedMityay/Shutterstock

Preciso trocar o meu remédio? 

O segundo ponto que merece destaque é: qualquer troca de remédio deve ser orientada pelo seu médico. De acordo com o cardiologista Luciano Drager, diretor de promoção e pesquisa da SOCESP (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e presidente da Associação Brasileira do Sono, existem várias opções de medicamentos para tratamento da hipertensão que podem substituir o Losartana, contudo, não há necessidade de trocar o remédio só pelo recolhimento anunciado pela Anvisa.  

O médico também ressaltou que os pacientes podem ficar tranquilos sobre os resíduos potencialmente tóxicos encontrados no medicamento, já que não são por causa da losartana em si, mas do processo de fabricação, o que provavelmente será modificado para caber dentro da qualidade exigida pela Anvisa.  

Leia mais! 

Mas para aqueles que, por orientação médica, precisarem trocar o fármaco, segundo o médico Antonio Carlos do Nascimento, doutor em endocrinologia pela Faculdade de Medicina da USP, o telmisartan, a valsartana e a candesartana são os mais utilizados como alternativa à losartana, já que pertencem à mesma classe farmacêutica (bloqueadores de receptores de angiotensina). 

“É preciso mencionar que a losartana é subsidiada pelo governo, enquanto as alternativas de mesma classe farmacêutica não os são”, lembrou o especialista ao portal. 

Conforme comunicado da Anvisa, as pessoas que usam o Losartana também podem pedir a troca do remédio por um lote que não tenha sido afetado pela interdição. Para isso, é preciso entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do laboratório. As formas de contato com o canal estão disponíveis na embalagem e bula dos produtos. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Tags