Depois de 50 anos, a Ferrari volta à disputa da Le Mans em 2023 em grande estilo com um novo hipercarro criado do zero. O modelo em questão apareceu pela primeira vez em testes nesta quarta-feira (6) na pista da montadora em Fiorano, Itália, disfarçado com uma pintura camuflada

Quem está conduzindo o programa é Antonella Coletta, chefe da divisão de corrida da Ferrari, a Competizioni GT. A montadora italiana está orgulhosa do projeto, disse Coletta. Que declarou em entrevista ao Autocar que a Ferrari chega para concorrer pela vitória no ano que vem — prova que venceu pela última vez em 1965.

publicidade

Vale ressaltar que o carro passou por um longo período de desenvolvimento, foram 18 meses. “A Ferrari tem uma pressão enorme todos os dias. Este é outro desafio importante que temos, mas estamos prontos para isso”, acrescentou Coletta.

Primeiro teaser oficial do novo hipercarro da Ferrari foi divulgado no mês passado. Imagem: Ferrari/Divulgação

A Ferrari vai competir na LMH (“Le Mans Hypercar”), uma nova categoria da Le Mans com rivais de peso, como a Toyota e a Peugeot. Os regulamentos são mais livres que em outras modalidades, o que permitiu à montadora construir os principais componentes do veículo, incluindo chassi, motor e suspensão.

As regras da LMH também permitem que os participantes escolham entre criar um protótipo ou um modelo baseado em carros de estrada. A Ferrari preferiu seguir com a primeira opção.

O projeto está em desenvolvimento em Maranello, na sede da Ferrari, onde também trabalha a equipe que cuida da escuderia italiana na Fórmula 1. Por ora, ainda não há notícias de quem será o sortudo que vai pilotar o hipercarro em 2023.

Via: Autocar

Veja também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!