O Twitter venceu a primeira batalha na guerra contra o bilionário sul-africano Elon Musk. Nesta terça-feira (19), a juíza Kathaleen McCormick, do Tribunal de Chancelaria de Delaware, decidiu que o julgamento da compra do microblog pelo magnata será ainda este ano, no mês de outubro.

Assim, a rede social conseguiu o julgamento rápido que tanto queria. A magistrada afirmou que a empresa de mídia social merece uma resolução rápida do acordo. No mês de abril deste ano, Elon Musk ofereceu US$ 44 bilhões pelo Twitter, mas acabou desistindo neste mês de julho, o estopim para que a companhia entrasse com a ação.

publicidade

Leia mais:

A decisão de McCormick é um golpe para o CEO da Tesla e da SpaceX. Ele, por sua vez, pressionava a corte para que o julgamento ficasse para fevereiro do ano que vem. A ideia era permitir uma extensa investigação sobre suas alegações referentes a contas falsas e spam no Twitter, que o levou a retirar a oferta.

publicidade

Para Elon Musk, saber se os números de usuários do microblog estão inflados é fundamental na defesa. Do lado do Twitter, há a afirmação de que a questão é uma distração e que os termos do acordo firmado entre as partes exigem que o dinheiro seja pago.

elon musk compra twitter
A novela entre Elon Musk e Twitter acontece desde abril de 2022. Imagem: Sergei Elagin/Shutterstock

“A realidade é que o atraso ameaça danos irreparáveis ​​aos vendedores”, disse a juíza. Ela ainda solicitou que os dois lados elaborem um cronograma do julgamento que duraria cinco dias. A defesa de Elon Musk não respondeu sobre a decisão do Tribunal.

publicidade

Já um porta-voz do Twitter celebrou a primeira batalha vencida. “Estamos satisfeitos que o tribunal tenha concordado em acelerar este julgamento”, disse. Nesta terça, as ações da rede social na bolsa subiram 3,4%, chegando a US$ 39,71. Elon Musk havia oferecido comprar o Twitter por um preço de US$ 54,20 por ação.

Esse não é o primeiro julgamento que Elon Musk vai enfrentar no mês de outubro deste ano. Antes da ação movida pelo Twitter, o bilionário já tinha marcado o julgamento, a partir de 24 de outubro, do seu pacote salarial recorde de US$ 56 bilhões da Tesla.

publicidade

Via: Reuters

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!